AGU vai recorrer de decisão contra divulgação de salário com nome

da Folha.com

A AGU (Advocacia-Geral da União) informou nesta terça-feira (31) que deve recorrer da decisão judicial que impediu a divulgação nominal dos salários dos servidores da Câmara dos Deputados e do Senado.

Apesar de ainda não ter sido notificada, a AGU afirmou que já existe entendimento de que essas deliberações judiciais devem ser questionadas porque a Lei de Acesso à  Informação permite a publicidade dos vencimentos com nomes.

Com as decisões judiciais, Câmara e o Senado estão refazendo o sistema de divulgação dos dados para constar apenas a matrícula de cada servidor, sem a sua identificação nominal.

As duas Casas informaram que pretendem divulgar os salários ainda hoje, prazo fixado pelo Congresso para a divulgação salarial dos parlamentares e servidores.

Na noite de ontem, a 21!ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal concedeu duas liminares impedindo a publicação nominal dos salários.

As liminares atendem a pedidos do Sindilegis (Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo), contrário à  divulgação dos nomes dos servidores.

O sindicato diz que concorda com a publicidade dos vencimentos, desde que não tragam os nomes de cada servidor.

A exposição dos salários segue o que determina a Lei de Acesso à  Informação. Uma portaria editada pelo Comando da Câmara determina que a Casa informe de forma individualizada e identificada, em seu Portal da Transparência, “os subsídios, remunerações, proventos e benefícios de deputados e servidor”.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. No governo do Requião havia no site a relação de todos os funcionários ativos e intivos, com suas respectivas remunerações.
    NÃO SOUBE DE NINGUEM QUE TENHA SIDO PREJUDICADO POR ESTA DEMONSTRAÇÃO REAL DE TRANSPARÊNCIA