Lei eleitoral limita profissionais da “latinha”

As emissoras de rádio e de televisão estão proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por candidato em convenção partidária a partir deste domingo (10).

O candidato que desrespeitar a lei será punido com a cassação da candidatura a prefeito ou vereador. Tudo em nome da isonomia.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Graças à latinha tivemos políticos da estirpe de Ricardo Chab…

  2. é uma luta desigual ,um gilberto ribeiro por exemplo com um programa de tv apelativo e tendenscioso pode tirar proveito e ter uma larga vantagem de um outro candidato franciscano( com poucos receursos) por exemplo. parabéns ao STE,