Funcionários da Sanepar planejam greve

via Saemac

Os saneparianos estão sem Acordo Coletivo de Trabalho desde o dia 28 de fevereiro e a empresa, depois de divulgar um aumento de 83% no lucro em 2011 se recusa a oferecer uma proposta digna à  esses trabalhadores, que atualmente aparecem no ranking de piores salários entre as empresas de saneamento do Brasil e demais empresas do Paraná.

As tentativas de negociação do ACT tiveram início dia 13 de janeiro deste ano, quando a pauta de reivindicações foi protocolizada. Apenas no dia 23 de fevereiro a empresa convocou o sindicato para uma reunião. Porém, nenhuma proposta foi apresentada nesta reunião.

O foco da atual diretoria, que por sinal é extremamente demagoga e nada prática, é o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) que não tem nada concreto e ninguém sabe ao certo como funcionará. Acreditamos que isso seja apenas uma estratégia para tirar o foco do ACT.

Somente no dia 14 de março, a Sanepar agendou reunião com os sindicatos e apresentou a primeira proposta: correção salarial pelo INPC (5,47%) – o que é garantido por lei; + 1% de aumento real.

O que fica difícil compreender é a disparidade existente entre o lucro da empresa (83% – 249 milhões), o reajuste tarifário (acumulado em 32,5% em dois anos) e a proposta humilhante de apenas 1% de reajuste aos trabalhadores, que afinal são os responsáveis diretos pelo lucro da Sanepar.

Logicamente, a 1!ª proposta foi rejeitada. Porém, as que se sucederam em nada avançaram.

Impressiona o fato do diretor-presidente da Sanepar discursar aos quatro cantos sobre a valorização do quadro funcional e não reverter suas palavras em ações concretas (R$) aos funcionários (leia mais sobre isso aqui). Além do mais, temos informações de que ele estaria se licenciando do cargo para coordenar a campanha do Luciano Ducci em Curitiba. Seria a Sanepar apenas um trampolim político para o Fernando Ghignone?

Depois da 1!ª rejeição, a Sanepar novamente convocou os sindicatos para uma rodada de negociação no dia 10 de abril e apresentou nova proposta, melhorando (pasmem) em 1%. Agora o aumento real oferecido por ela foi de 2%.

Não bastasse apresentar uma proposta descabida como esta, a empresa ainda publicou em sua Intranet informações distorcidas, a fim de ludibriar, enganar e iludir os trabalhadores, vendendo aquilo que não vai entregar.

Cansados das atitudes da Sanepar, os sindicatos elaboraram nova pauta, com reivindicações mínimas que deveriam ser atendidas, como a reposição de perdas salariais retroativas, acumuladas em 18,38%. De nada adiantou… O diretor administrativo da empresa, Antonio Hallage, “refutou” os argumentos apresentados pelo sindicato e não melhorou a 3!ª proposta.

Sabemos que os serviços prestados por todos os saneparianos são vitais e, por esse motivo, a greve é nossa última opção. Diante disso, estaremos solicitando a interferência do governador Beto Richa em nossas negociações.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. A greve é eminente, mesmo sem o SEU apoio.

  2. Bem, se o engenheiros estão insatisfeitos e querem greve, pode ter certeza que receberam o mesmo apoio que sempre deram para as categorias de base – NENHUM.

  3. Senti daqui a inveja. Ser engenheiro não é para qualquer um. Não tem nada de tadinhos, só queremos ser valorizados pelo trabalho e responsabilidades que exercemos. Só para o seu conhecimento, 9 mínimos é o piso salarial deste profissional. Existem vários casos de engenheiros com mais de 10 anos de empresa que recebem um complemento salarial para chegar no piso.

  4. Prezado Indignado,

    Acho que compreendi sim o cálculo. Sei que não é nada oficial, mas gera prova sim para, em a Sanepar não honrando, buscarmos nosso direito. O que eu vi no meu demonstrativo foi um aumento de mais de R$ 500,00. Agora se não aumentou para os engenheiros, tadinhos, ganham pouco né. Todos os anos esses engenheiros tiveram seus aumentos atralados com o salário mínimo que todos sabem que é um índice muito mais político que técnico. Um engenheiro ganha 9 salários mínimos.
    Todos que eu conversei gostaram da proposta e eu vou votar SIM.

  5. Para a diretoria da sanepar engenheiro com um mês e engenheiro com 10 anos de experiência, é a mesma coisa, a única coisa que muda é o número do crachá e a diferença do complemento salarial.

  6. respondendo ao sanepariano acima… queira ele saber que muitos de seus colegas não obtiveram nem 0,5% de aumento nos seus salários, caso dos novos engenheiros com menos de 5 anos de empresa, enquadrados como engenheiros juniores, mas assumem responsabilidades iguais as de um engenheiro sênior. Por essa sua decisão isolada é que o sanepariano não tem o respeito dos seus dirigentes. Saiba também que estão chegando cabides com salário de R$ 18 mil reais. Te pergunto: é justo? olhe para o seu salário e compare com os cabides que estão sem cadeira para sentar no serviço publico, porque não prestam para o trabalho, chegam na Sanepar como consultores ganhando bem mais do que vc!

  7. a partir de quando?

  8. EU NÃO ACEITO A PROPOSTA.
    Sou engenheiro, e assim como a maioria dos meus colegas, tive aumento real irrisório (menos de 1%). A nova classificação não acabou com o complemento salarial. A diretoria não valoriza o quadro técnico. A GREVE É IMINENTE.

  9. Hoje (20/04) nós Saneparianos recebemos da área de recursos humanos da Sanepar um informativo que demonstrou como ficará o sálário de forma individualizada após o ACT e após a implementação PCCR. De fato irá ocorrer um aumento médio de 20%. Agora eu pergunto: porque não mostrou antes? porque deixou os funcionários passarem por um verdadeiro terror psicológico, com um sentimento de desprezo, acreditando que tudo que diziam era a mais pura mentira?
    De qualquer forma, agora devidamente demonstrado que irá realmente ocorrer essa elevação média de 20%, eu aceito a proposta.

    • Caro colega Sanepariano,

      O apresentado é somente uma SIMULAÇÃO, nada é oficial, e outra coisa, ACT é uma coisa PCCR é outra. Você não percebeu a maracutaia no cálculo simulado.
      O referente ao ACT é somente 5,47% + 2%, outros 5% se referem a um valor já pago para os trabalhadores admitidos antes de 2008, o código 106 (ACT 07/08) ou seja, estão usando um valor já devido para aumentar a porcentagem. para o PCCR temos mais 5%, mas ainda nada oficial. Espero que estas palavras abram seus olhos e mude sua opinião, pois da maneira apresentado o ganho com o ACT é o mesmo, inflação + 2% de ganho real, o resto é valor já pago e PCCR que não deve ser discutido no momento. E lembre o que foi passado é somente uma simulação.

    • Boa noite amigos 20% hahahaha;nao vamos ser ingenuos e acreditar nisso ,20% so se for para diretoria para nos 5 ou 6% no maximo, nos somos apenas objeto da empresa que nos usa para fazer politica.Pode exibir meu comentario e meu nome:Leandro Manosso Gonçalves sou lotado na URPG em Ivai Pr,meu cracha eh 1259407, meu telefone 042 99870987 ou 042 91137349,naun tenho medo de me identificar, alguem precisa falar neh….

  10. Para corroborar com o colega acima informo que, os apadrinhados políticos (assessores, assistentes, gerentes e coordenadores) foram nomeados, em sua grande maioria, no calar da noite. Tinhamos acesso identificando quem eram estes funcionários e, de uma hora para outra, a empresa retirou este sistema do ar. Interessante, não?

  11. A Sanepar constantemente tenta iludir os seus funcionários a aprovar acordos coletivos descabidos, usa de táticas desonestas para ganhar a confiança do trabalhador, o que acontece é que estes fatos estão muito aparentes agora, e neste momento até o mais humilde trabalhador esta percebendo a politica destes diretores. infelizmente a Sanepar tem apenas uma serventia; cabide de empregos.
    É uma vergonha o que a atual diretoria da Sanepar esta praticando com seu quadro de trabalhadores.

  12. Uma empresa do porte da sanepar com um aumento astronômico e invejável de seus lucros e estar no ranking dos salários mais baixos é uma ofensa aos trabalhadores e ao cidadão que paga suas contas com 2 reajustes consecutivos, infelizmente a política sempre passando por cima dos trabalhadores de forma truculenta, pq os verdadeiros trabalhadores estão recebendo uma miséria, mas os cabides de emprego, os apadrinhados políticos ganham seus altos salários e levam todo o lucro da empresa, eles que entram e saem da empresa a cada 4 anos, e os verdadeiros saneparianos concursados continuam sendo desvalorizados ano após ano, governo após governo.

  13. Eu ajudei a contruir esse lucro de 83%. Depois que a “francesada” assumiu o controle total dessa empresa minha conta de água triplicou. Quando as faturas chegaram logo imaginei que teria de pagar a conta do champagne da tigrada.

    “Merci beaucoup” mes amis, o pobre sempre tomando no “beaucoup” com a francesada.

    Amigos, assim qualquer empresa terá lucros extraordinários.