Em Virmond, professores prometem “ovacionar” governador Beto Richa

Professores prometem infernizar a vida do governador no interior do Paraná.

Professores da rede pública estadual estão organizando uma manifestação para as 15h30, em Virmond, na região Central do Paraná, durante a visita do governador Beto Richa (PSDB).

De acordo com o blog Olho Aberto Paraná, em discussões nas redes sociais, os educadores estão prometendo receber o tucano com “ovos”.

A radicalização dos professores contra o governador enfraquece ainda mais o secretário da Educação, Flávio Arns (PSDB), que já está na marca do pênalti. Extraoficialmente, o Palácio Iguaçu avalia a Educação como a mais problemática do governo e aguarda que o vice tome a iniciativa de deixar o cargo.

Mais uma informação importante. O PSDB se reuniu há coisa de um mês, em Curitiba, para discutir a formação de uma “comissão de recepção” ao governo em municípios do interior.

Os tucanos decidiram isso depois que houve um protesto de estudantes da UEM (Universidade Estadual de Maringá), no começo de março, na chegada de Richa em Cidade Gaúcha, município localizado no Noroeste do estado.

Ainda por conta de manifestações, o governador chegou a cancelar uma visita que faria no dia 9 de março à s instalações da UEM em Maringá.

0 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. mas tamben esse beto encheu de puxa saco no governo e não tem dinhero pra nada so o dem deve ter algumas milhas de fantasma nesse governo que vergonha beto richa com alceni guerra do teu lado sera que você não conhece esse cara venha em pato branco e pessa ele fugiu de pato branco esse edson cazagrande faz oque no seu governo comprou a cartera de secretario que vergonha mas pode ter certeza esse governo não passa de 2013 pt e gleize neles

  2. Esmael, como diria um paulista não estou entendeeendo o governador nomeia e o cara tem que pedir para sair. O governador manda no seu governo ou não, se não chama a dona Fernanda que ela resolve.