Olha o tamanho da passeata dos professores em Curitiba

Foto de Adilson Faxina.

O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns (PSDB), se comprometeu hoje a apresentar uma proposta aos professores da rede de ensino estadual até o próximo dia 27 de março.

A APP-Sindicato levou à  mesa nesta tarde à s seguintes reivindicações: implantação de um terço da jornada dos professores como hora-atividade; aplicação do novo valor do Piso Nacional do Magistério (que teve um reajuste de 22,22%). O Paraná está 18,67% abaixo do PSPN; reajuste de 14,13% para funcionários de escolas; implantação de um novo sistema de atendimento à  saúde, em substituição ao atual modelo do Estado, o SAS e, por fim, a destinação de no mínimo 10% do Produto Interno Bruto (PIB) – que é a soma de toda riqueza produzida no país – para o setor.

Na manhã desta quinta-feira (15), cerca de 6 mil professores paranaenses marcharam da Praça Santos Andrade (prédio histórico da UFPR) até o Palácio Iguaçu, sede do governo do estado, onde uma comissão da APP foi recebida pelo secretário Flávio Arns.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Eu estava lá
    Foi muito bom

  2. Estávamos ai neste dia, abaixo de chuva, fazendo nossa parte, daqueles/as que não puderam ir, para aqueles/as acomodados/as e por aqueles/as que furam o movimento grevista pensando somente em si mesmos!
    Parabéns pela matéria! No dia 31/03 teremos Assembléia da APP-S no Col. Est. do PR, quando avaliaremos as propostas (enrolativas) do Estado e decidiremos os rumos do nosso movimento de mobilização e luta.

  3. Alguém lembra das laranjas podres?
    Agora chegou a hora de provar o suco.

    Acorda Curitiba!
    Acorda Paraná!