Militante do PCdoB desafia TSE e pergunta pelo Facebook: “ser ou não ser candidata?”

Elza Campos usa o Facebook para decidir se disputa vaga na Câmara de Curitiba.
A presidenta nacional da União Brasileira de Mulheres (UBM), Elza Campos, militante do PCdoB do Paraná, está usando as redes sociais para fazer uma inusitada pergunta: “ser ou não ser candidata à  Câmara de Vereadores de Curitiba?”.

A militante do PCdoB torceu o nariz para a última decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que proibiu manifestações de pré-candidatos pelo Twitter e demais redes sociais:

“Tenho sido abordada por muitos amigos e amigas para lançar minha candidatura a vereadora por Curitiba, destacando minha trajetória no movimento de mulheres e sociais por longos anos. Ainda destacam a conjuntura do país com a presidenta Dilma, e a crescente sensibilização de nossa sociedade pela maior participação política no parlamento brasileiro. Amigas e amigos do Face e de tantas outras jornadas, o que acham? Vocês me apoiariam nesta jornada?”, escreveu no Facebook Elza Campos, que espera ajuda dos amigos para uma resposta à  sua dúvida cruel.

Comments are closed.