Polícia Federal nem aí com a Secretaria de Segurança do Paraná

* Federais ignoram e ‘atropelam’ secretário de Beto Richa

Novamente, a Polícia Federal (PF) revelou desprezo olímpico à  Secretaria de Estado da Segurança Pública (SESP) ao desencadear nesta semana — sozinha — a Operação Láparos, que resultou na prisão de 29 policiais e outras 40 pessoas acusadas de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva e contrabando.

A ação da PF que atropelou outra vez a SESP foi coordenada pela delegacia de Guaíra (280 quilômetros de Maringá).

No começo do mês passado, os federais também haviam surpreendido o secretário Reinaldo de Almeida César ao intervir na repressão ao jogo do bicho, normalmente uma tarefa que cabe à s polícias estaduais. César é delegado da PF e foi presidente da Associação de Delegados da Polícia Federal.

O entrevero com os federais teria origem numa suposta afirmação do secretário, ao governador Beto Richa (PSDB), de que ele [César] controlaria a PF.

Comentários encerrados.