Chávez anuncia programa de ajuda a venezuelanos carentes semelhante ao Bolsa Família

da Agência Brasil

Hugo Chavez.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou um programa de ajuda à s famílias de baixa renda que visa a reduzir as taxas de pobreza no país. Segundo ele, a iniciativa tem o objetivo de proteger os fracos!. O programa institui, por exemplo, o repasse financeiro para as famílias com, no mínimo, três filhos de menos de 15 anos de idade, assim como para aquelas que têm crianças e adolescentes com deficiência e vivem na faixa da extrema pobreza.

O programa é semelhante ao Bolsa Família do Brasil. No caso da Venezuela, o repasse financeiro chega a 300 bolívares (o equivalente a US$ 69,77) por filho. No caso das famílias de crianças e adolescentes com deficiência, o subsídio aumenta para 600 bolívares (o equivalente a US$ 139,74) por filho.

Chávez destacou que na Venezuela há mais de 7 milhões de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, dos quais 1 milhão, o equivalente a 7% da população, estão na faixa da pobreza extrema.

De acordo com os dados do governo, os critérios para determinar se uma família está em extrema pobreza serão analisados com base na situação verificada em janeiro de 2012. O presidente disse ainda que será elaborado um processo de registros das famílias e de verificação das que recebem o benefício.

“Outros programas virão!, avisou Chávez. [Os programas] são destinados a aumentar a batalha contra a miséria e a pobreza e para acelerar a construção da sociedade de iguais com inclusão”, disse ele, lembrando o programa denominado Mães dos Bairros, criado para estimular o aperfeiçoamento profissional de mulheres a fim de reduzir a pobreza nas comunidades.

O projeto Mães dos Bairros reúne mais de 23 mil mulheres, agrupadas em comissões e que desenvolvem atividades com o apoio técnico de instituições públicas, privadas e não governamentais. As atividades vão desde panificação à  confecção e o mercado calçadista, entre outras.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. “Bolsa Família são mais de 40 milhões de votos” (José Dirceu)