TJ mantém condenação de Belinati por improbidade

por Vinícius Zanin, via Folha de Londrina

Antônio Belinati (PP).

A desembargadora Maria Aparecida Blanco, da 4 Câmara Cível do Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná, negou provimento ao recurso do ex-prefeito de Londrina Antônio Belinati (PP), mantendo a condenação por improbidade administrativa por conta de irregularidades numa licitação de transporte coletivo, realizada em 1998, quando o pepista estava à  frente do Executivo. A ação de improbidade administrativa foi movida pelo Ministério Público.

Em dezembro de 2009, o juiz da 10 Vara Cível de Londrina, àlvaro Rodrigues Junior, condenou o ex-prefeito por ”frustrar a licitude de procedimento licitatório e permitir ou concorrer para que terceiro se enriquecesse ilicitamente”. No despacho, o juiz descreve que ”o transporte licitado foi utilizado para transporte de eleitores para comícios e comitês, entre outras atividades ligadas com a politicagem local”.

O processo licitatório foi conduzido pela então Comurb, atual Companhia de Trânsito e Urbanização (CMTU). Segundo o magistrado, não houve tomada de preços, como exige a lei. Pela decisão, Belinati teria que devolver aos cofres públicos R$ 135.790,25, corrigidos, ”além de pagamento de multa civil no valor correspondente a duas vezes o valor do dano, bem como a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três anos e a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de 3 (três) anos”.

A defesa recorreu ao TJ e a decisão, da desembargadora Maria Aparecida Blanco, foi proferida no último dia 27 de setembro. O advogado do ex-prefeito, Antônio Carlos Viana, confirmou a condenação e declarou que, no momento, a decisão não representa ”nenhum risco” a Belinati, já que, da sentença, cabe recurso. ”Só não recorremos ainda porque a decisão não foi publicada no diário oficial”, afirmou.

Viana revelou que as bases da defesa devem se concentrar no fato de que o ex-prefeito não transportava eleitores em ônibus da prefeitura, e sim ”pessoas da comunidade em geral”. ”Foi uma decisão isolada. No processo daqui o juiz entendeu que foi para transporte de eleitores e cabos eleitorais. Depois ficou provado que era para transporte de pessoas da comunidade, como grupos religiosos, estudantes para visitar parques temáticos. E como o serviço foi efetivamente prestado não houve prejuízo aos cofres públicos. No STJ (Superior Tribunal de Justiça) eles entendem que, no caso de comprovação de que o serviço foi feito, não se aplica a lei de improbidade”, declarou.

Belinati responde a outros processos no Judiciário e, nas eleições do ano passado, chegou a ter seu registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral com base na Lei da Ficha Limpa.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. belinati .palocci..não serão julgados por que?todas as epocas de politica tem essa frescura, julguem logo os homens .o ministerio publico tem e problema pessoal,o que e usado contra esses cidadãos. passa a politica ninguem lembra do belinati ,mas logo que tem outra ai o glorioso ministerio publico atua ,parem com isso se tem provas criminais levem para justiça. mas eu votaria no belinati….

  2. em Cornelio Procopio Prefeito atual Amin Hannucheo tambem tá com a barba de molho alias desesperado!!!todos os pré candidatos a Prefeitos da oposição já falam na imprensa local de fazer auditoria na Prefeitura assim que assumir o cargo,vai dar infartó em muita gente aqui em nossa cidade,tem muita gente aqui no grupo do Prefeito ,com medo de passar pelo drama do Belinati,principalmente o Prefeito e seu irmão calliu ,!!!!

  3. Esse TJ também proibiu a URBS de aplicar multas, e ela continua arrochando os motoristas, porque o Belinati deveria levar o TJ à sério???

  4. Tem vezes que me envergonho da classe dos advogados. Acreditam que os cidadãos comuns, contribuintes, são otários… Com um advogado desses será condenado, com certeza…

  5. Tiu Billa, a galinha de ovos de Ouro, para advogados, e o sistema juridico, o
    homem tem muito a distribuir como o Maluf, jamais pagara pelas factruas, mais
    dividira os recursos roubados , ao longo de sua vida com o sistema.

  6. Algemas e camburão vamos ver quando? Tá demorando muito….