Termina a greve dos professores da UFPR

via Assessoria de Comunicação da UFPR

Prédio histórico da UFPR.

Reunidos em assembleia na tarde de ontem (quinta, 1), os docentes da Universidade Federal do Paraná decidiram pelo fim da greve da categoria – a paralisação já durava 11 dias. Depois da explicação por parte do comando de greve em relação à  negociação e aos pontos debatidos com a administração da Universidade, os professores aceitaram assinar o documento com as propostas feitas pela Reitoria em relação à  pauta local de reivindicações na primeira votação da plenária.

De acordo com Luiz Allan Kunzle, presidente da Associação dos Professores da Universidade Federal do Paraná (APUFPR), a ideia é acompanhar o cumprimento da pauta nacional e os prazos da pauta local.

“Em relação à  pauta local, nós obtivemos resultados muito positivos. Nosso movimento está suspenso.”, define.

Entre as conquistas da greve dos docentes está a garantia da implantação on-line da progressão de carreira, a avaliação dos estágios probatórios e a criação de um fórum de coordenadores da graduação para discutir as bases para a revisão dos projetos pedagógicos dos cursos.

“Esse diálogo já vem sendo construído a muito tempo. Desde o início da gestão, a universidade conversa com todas as categorias”, salienta o reitor Zaki Akel Sobrinho.

O vice-reitor Rogério Mulinari também defendeu as bases da negociação. “As questões colocadas durante o movimento já estavam em discussão na universidade”

Comentários encerrados.