PT aprova limitação de mandato para deputado e senador

da Agência Estado

O PT aprovou uma mudança em seu estatuto, limitando o número de mandatos de vereadores, deputados federais, estaduais e distritais e senadores do partido. Pelo texto, vereadores e deputados poderão exercer somente três mandatos, enquanto os senadores apenas dois. A alteração foi aprovada na noite de ontem no 4!º Congresso do PT, em Brasília. O evento encerra-se hoje, quando os delegados votarão as emendas à  resolução política do partido e devem aprovar um texto defendendo a regulamentação da mídia.

Os limites começam a valer a partir de 2014, mas todos os mandatos atuais são “zerados” para esta conta. Ou seja, somente em 2026 os deputados que tiverem exercido três mandatos serão impedidos de buscar uma nova reeleição, enquanto para os senadores a limitação começa em 2030. A proposta enfrentou resistência da cúpula do partido e só foi dada como aprovada após três votações.

“O PT quer dar o exemplo. Nós defendemos a lista fechada e muitos argumentam contra, dizendo não haver renovação. Então nós vamos fazer isso desde já”, disse o deputado federal Reginaldo Lopes (MG), um dos defensores da proposta.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. PARABENS AO PT!….

    Sou coordenador dos Diretórios ZONAIS do PDT em Curitiba/PR.

    Faço muitas restrições ao PT.

    Saudo o PT por essa decisão.

    Senador Cristóvam/PDT-Brasília, igualmente defende medida agora aprovada pelo PT.

    O que parece para muitos parlamentares é o seguinte:

    OBJETIVO: REELEGER-SE para o próximo mandato!…

    Aí, ele, o parlamentar, “esquece-se” do prometido aos eleitores, e faz qualquer negócio para reeleger-se. Inclusive VENDE O MANDATO ao prefeito de plantão, mandando ÁS FAVAS o programa do partido.

    USA assessores do gabinete (FINANCIAMENTO PÚBLICO DE CAMPANHA pra eleitos já existe, portanto) pra reeleger-se. APROPRIA-SE de assessores que deveriam ser indicados pelo partido (é o caso do PDT). Apropriam-se dos recursos do partido (já que não contribuem FINANCEIRAMENTE ao partido).

    É MEDIDA MORALIZADORA, pontanto!….

    Parabens ao PT!….

    Que isto seja estendido a todos os partidos, atravé de LEI FEDERAL.

    Se estivesse em vigor isto, REELEIÇÃO no máximo 02 vezes, não TERÍAMOS DEROSSO e o escandaloso contrato de publicidade pra esposa e sogro.

  2. e burrice igual a lei de fixa suja .não se pode tirar direitos. vontade popular as vezes não pode levar en conta.precisa ver quem esta dando a ideia,ver se a pessoa tem conhecimento de 100% da constituição federal.não sou politico .não concordo .e absurdo!!

  3. É aquela velha história: Mudar para deixar tudo como está. Na verdade o número de mandatos ainda é muito grande. Por que não diminuir tudo para somente dois mandatos além de trazer o mandato de senador para também quatro anos? Querem enganar quem?