Oposição defende que as sessões da CPI sejam todas abertas ao público

Terminou pouco antes do meio-dia a reunião da bancada de oposição e de lideranças do movimento Fora Derosso! para deliberar sobre as primeiras ações na CPI que vai investigar as irregularidades cometidas por João Cláudio Derosso (PSDB) na contratação de agências de publicidade ligadas a familiares dele.

Além de não abrir mão do pedido de afastamento do presidente da Casa das suas funções na Mesa Executiva da Câmara e de reivindicar a presidência ou relatoria dos trabalhos, a bancada de oposição vai exigir que todas as sessões da CPI sejam abertas ao público e aconteçam em um espaço amplo, maior que o das salas das comissões.

Temos de dar transparência, permitir que a imprensa possa cobrir adequadamente e a população possa acompanhar essas sessões!, disse o vereador Pedro Paulo (PT).

A bancada vai sugerir ainda na reunião de hoje da CPI estender o convite a entidades como a OAB !“ Ordem dos Advogados do Brasil !“ para participar dos trabalhos de investigação.

As informações são da assessoria do PT.

Comentários encerrados.