Liga àrabe anuncia apoio ao governo de transição da Líbia

da Agência Brasil

O secretário-geral da Liga àrabe, Nabil Al Arabi, disse hoje (22) que a organização apoia de forma plena o Conselho Nacional de Transição (CNT) da Líbia, controlado pelor grupos de oposição ao líder líbio, Muammar Khadafi. Segundo Arabi, a Liga àrabe espera que a paz e a segurança retornem à  região.

A Liga àrabe reúne 22 países, mais Brasil, àndia e Venezuela, chamados de observadores pelo comando da entidade. Fundada em 1945, a liga tem o objetivo de reforçar e coordenar as ações econômcias, sociais, políticas e culturais entre as nações árabes.

Em comunicado, Arabi informou que os ministros das Relações Exteriores dos países árabes se reunirão amanhã (23) para definir oficialmente o reconhecimento do CNT como “representante legítimo” do povo líbio. A decisão será tomada pelo Comitê de Acompanhamento para a Iniciativa de Paz da organização.

Arabi disse que pediu ao CNT que garanta a segurança e a integridade dos líbios e estrangeiros que estão no país. Segundo ele, apelou também para que a oposição preserve os interesses do país e respondam à s expectativas de melhoria de vida do povo promovendo um processo de transição “democrático e pacífico”.

De acordo com Arabi, a Liga àrabe se dispõe a oferecer à  Líbia “todo o apoio possível na preparação para a nova etapa de transição”. Em fevereiro, quando eclodiram as manifestações no país, a Liga àrabe suspendeu temporariamente a participação da Líbia no bloco “até que as autoridades cumprissem as exigências da organização.”

*Com informações da Lusa, agência pública de notícias de Portugal

Comentários encerrados.