Para André Vargas, ministro Jobim está ‘se achando’

da Folha.com

André Vargas.

O secretário de Comunicação do PT, deputado André Vargas (PR), criticou nesta quarta-feira a declaração do ministro Nelson Jobim (Defesa) à  TV Folha afirmando que votou em José Serra (PSDB) na eleição de 2010. O tucano foi o principal adversário da então candidata Dilma Rousseff (PT).

Vargas ironizou Jobim e disse que ele deve estar se sentindo a “última bolacha do pacotinho”. “Para dar uma declaração destas JOBIM deve se achar a ultima bolacha do pacotinho. Deve achar que não há outro Ministro de Defesa POSSàVEL (sic)”, afirmou o petista em seu perfil no microblog Twitter.

Já o deputado do PMDB Eduardo Cunha (RJ) ironizou o assunto, dizendo, também em sua página no Twitter, que “descobriram o grande segredo da política brasileira: Jobim votou no Serra e não na Dilma”.

E continuou: “Daqui a pouco vão descobrir que o Aécio votou na Dilma e não no Serra.rsrs”. “Aliás tinha um frase ótima já dita por Tancredo Neves:Voto secreto da uma vontade danada de trair.rsrsrsrs.”

Segundo assessores, Dilma foi informada sobre a entrevista de Jobim, mas ainda não teria feito comentários.

Na entrevista, Jobim, que comandava a pasta desde o governo Lula, afirmou à  presidente sabia de sua preferência pelo tucano. Depois de se eleger e de convidá-lo para o ministério, a petista não teria mais tocado no assunto.

Além de revelar o voto em Serra, Jobim disse que o tucano teria tomado as mesmas atitudes de Dilma se tivesse vencido a eleição e fosse confrontado com escândalos como os que derrubaram os ministros Antonio Palocci (Casa Civil) e Alfredo Nascimento (Transportes).

Comentários encerrados.