Gleisi: Reforma trabalhista nele! (Dallagnol)

| 40 Comentários

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, defendeu neste domingo (18) “reforma trabalhista” no salário alto e nas vantagens do procurador Deltan Dallagnol.

“Aqui cabe Reforma Trabalhista: salário alto, estabilidade no emprego, duas férias por ano, auxílios diversos e ainda cobram para dar palestras”, escreveu, ao postar imagem do site que vende palestra do coordenador da Lava Jato.

O site da empresa Motiveação já foi tirado do ar, mas Gleisi o tinha copiado antes.

“Nunca imaginei que o procurador cobrasse pelas palestras que realiza, pensei que fazia parte da divulgação das atividades da operação lava a jato. Creio ser ilegal qualquer tipo de ‘honorários’ recebidos, salvo a indenização por despesas de estadia e deslocamento”, surpreendeu-se o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná.

Dallagnol se defendeu da polêmica em seu Facebook, jurando que a maioria de suas palestras é gratuita e as cobradas têm os recursos destinados à filantropia.

O procurador também acusou o PT de usar robôs nas redes sociais para atacar os privilégios dele, mas, como se vê, a presidenta do partido não é um robô. Tem nome e sobrenome. É uma senadora da República. Foi eleita recentemente para dirigir uma agremiação com 2 milhões de filiados em todo o país.

Advogados curitibanos veem demagogia e populismo combinados com o exercício dos poderes da toga.

Volto à questão da reforma trabalhista, da qual Gleisi falou em sua página no Facebook.

Em maio deste ano, a dirigente do PT já havia calado o Senado com seu antológico discurso durante uma audiência pública.

Na terça-feira (20), a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) deverá votar o relatório senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) que retira direitos e garantias dos trabalhadores. Deltan Dallagnol, levando em consideração a crítica de Gleisi e seu altruísmo, deveria dar o exemplo e abrir mão das vantagens que têm em função do cargo.

40 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ainda solta?

  2. O contundente recado de Eugenio Aragão ao especulador de imóveis do “Minha Casa, Minha Vida”, travestido de “procurador”:

    http://jornalggn.com.br/noticia/sobre-palestras-e-a-apropriacao-do-publico-pelo-privado-por-eugenio-aragao

  3. Estragaram o currículo do Lula, colocaram o Temer como o maior bandido do Brasil. O Lula ficou em segundo lugar. Tadinho do Lula.

  4. E mais fácil uma agulha ir para o céu do que o Dallagnol entrar no buraco de um camelo.

  5. Tadinha da Gleisi, terá muita dificuldade em eleger a qualquer cargo no Paraná.

  6. Quem sabe quando ela devolver o dinheiro dos aposentados que o marido roubou, e mais os trilhões em propina!

    • KRUKOVSKY………… INVEJA, CIÚMES, E MISOGINIA JUNTOS MATAM!
      ABRAÇO,
      DETALHE…. TE CANDIDATA A ALGO……….. TENTE SER FAMOSO, E VEJA AONDE TU VAIS….
      Esmeraldo Cabreira

  7. Seria tão fácil arrumar a economia brasileira era só acabar com esses super salários de politicos, juízes e promotores e demais funcionários públicos e isso devia partir deles mesmo já que são bem educados e com boA formações escolar e deviam bem lá atrás já ter percebido em que situação passa o nosso país onde a conta é paga sempre pelo trabalhador . Agora esse Moro e esse Dallagnol são daqueles que usam a filosofia do façam o que eu digo e não façam o que eu faço.

  8. Então, lugar de criminosos é na cadeia, Temer, Gedel,Aécio, Jucá, Aloysio Nunes, Angorá e outros ladrões estão circulando e mandando por aí, hipocrisia nível máximo na área..

  9. Gleisi já era! 2019 Curitiba a espera! Qualquer um sabe que essa aí não ganha mais nem pra Presidente de Capela! É deixando o senado direto pras grades de Curitiba!

  10. Quanto aos trabalhadores, o maior direito e garantia que poderiam ter é o poder de compra de seus salários. Isso não preocupou o PT jamais, pois nos 13 anos que passaram fazendo merda os impostos continuaram altos como sempre, os juros bancários e dos cartões de créditos os maiores do mundo, moradia caríssima, veículos caríssimos, telefonia caríssima, tarifas públicas caríssimas, serviços públicos péssimos, enfim, NÃO FIZERAM NADA DE CONCRETO, apenas o discurso de pais dos pobres, etc….uma completa fraude dissociada da realidade. O pobre brasileiro não deixou de ser pobre, a mobilidade social ocorreu apenas no papel e no discurso. Favelas continuaram crescendo, dependentes do Bolsa família continuaram crescendo e trabalhador comum continuou se ferrando.

    • O John de Boston deve ter afinidades com o Joesley: ambos são açougueiros. O John de Boston só sabe encher linguiça. John de Boston, precisa aprender a ler as planilhas econômicas – do IBGE e do IPEA, por exemplo – para descobrir que o que você escreve não tem a menor relação com a realidade econômica e política vivida pelo Brasil no governo petista. John de Boston, não adianta, parceiro, o teu presidente e o teu governador são os piores que o Brasil e o Paraná já tiveram. Golpistazinha bobalhão…

      • Quem vive em uma realidadebparalela é você palhaço. O poder de compra médio do brasileiro é próximo do zero e o governo petista não mudou essa realidade. Só dão discursos. IPEA, IBGE, não servemmpra muita coisa. O fato é que o país é pobre e seu dinheiro não vale nada. Ou vale?

        • Não falei que John de Boston só sabe encher linguiça? Só um completo imbecil a serviço do Temer pode acreditar que relatórios econômicos feitos por entidades sérias não merecem nenhuma credibilidade. Vai procurar rola, John de Merida?

  11. A entrevista bombástica do empresário Joesley Batista, em que ele apontou Michel Temer como chefe da “maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil” (saiba mas aqui), também serviu para desmontar uma lenda urbana: a de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus parentes seriam sócios da JBS, dona da marca Friboi.

    Num determinado trecho, o jornalista de Época questiona por que Joesley nunca gravou Lula e a resposta veio direta.

    – Porque eu nunca tive uma conversa não republicana com o Lula.

    Joesley disse ainda que só esteve com Lula uma única vez enquanto ele foi presidente – o encontro ocorreu em 2006, quando assumiu o comando da empresa. Depois, eles só voltaram a se encontrar em 2013. A interlocução com o PT, segundo o empresário, era feita por meio do ministro da Fazenda, Guido Mantega.

    – O que eu posso fazer se a interlocução era com o Guido? Aí inventaram que a Blessed (acionista da JBS), aquela empresa que temos nos Estados Unidos, seria do Lula, do Lulinha, de político. Esse negócio de Lula ou filho de Lula é fruto de um imaginário de alguém que quis nos prejudicar.

    Em sua nota, Temer diz que Joesley protegeu o PT, alegando que a JBS que a empresa cresceu no governo Lula e não no dele (leia aqui sobre a nota do Palácio do Planalto). A realidade, no entanto, mostra que praticamente todas as empresas brasileiras cresceram com Lula e afundaram com o golpe.

  12. Esse cara tem que fazer propaganda da Ankilostomina Fontoura, ele tem cara de lombriga!

  13. não se sabe se isso e por fama …dinheiro ou por canalhice,perde se o caráter.

    • Caráter tem a nobre senadora, a “amante” (cujo marido curiosamente desapareceu), a réem processo de corrupção, a eleita por via INDIRETA para comandar um partido manchado pela corrupção. Vocês, defensores do petismo, ou são muito burros ou vivem do esquema e por isso o defendem.

      • A teta não pode secar, pois essa gentalha não sobreviveria a migalhas,como o povo que trabalha e sustenta essa corja de políticos fanfarrões, além do mais essa gente não sabe o que é trabalho, pois só sabe discursar.
        Uma coisa é arregaçar as mangas e fazer outra é falar, falar, falar, bando, aqueles que defendem A ou B é porque tira proveito, pois quem não tem envolvimento que essa corja, quer ver essa turma no inferno,

  14. Ela vai ser excluída da política e vai fazer companhia para os amigos criminosos dela na cadeia

  15. Ta certo. O Brasil começou a partir de 2003. Antes disso, só tínhamos coral de anjos. Basta ler o livro retirado do mercado a pedido, “A privataria tucana”. Tivemos, também, um coral de anjos no caso banestado. Que maravilha. Fora pt!

  16. Lugar de criminosas é na cadeia independente de partidos

  17. Parabéns a Senadora Gleysi Hoffmann! Pois ela tocou na ferida do fascismo brasileiro, as regalias dos altos funcionários. Parabéns também a excelente qualidade da matéria, do jornalista Esmael Moraes.

    • Regalias de altos funcionários!!!! E as regalias dela como senadora? Altos vencimentos, passagens, plano se saúde ilimitado….e o super salário do Requião? É pura hipocrisia e discurso vazio. Aliás, sobre a eleição dela para presidente do PT, foi INDIRETA!!!! kkkkk! Comédia total uma ré em processo de corrupção ficar bancando a moralista.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.