24 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em David Miranda, vereador, gay e negro, vai assumir vaga de Jean Wyllys

David Miranda, vereador, gay e negro, vai assumir vaga de Jean Wyllys

O vereador David Miranda (PSOL-RJ), primeiro suplente do partido, com a renúncia de Jean Wyllys vai assumir a vaga de deputado federal. Ativista LGBTI, negro e casado com o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, ele promete continuar a luta de Jean Wyllys pelos direitos civis dos segmentos que sofrem preconceito, segundo declarou nas redes sociais.  ... 

Leia mais

31 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro no Roda Viva: “Você tem certeza que eu não sou gay?”

Bolsonaro no Roda Viva: “Você tem certeza que eu não sou gay?”

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), acuado pelas perguntas sobre homofobia, devolve à bancada do Roda Viva se tinha certeza de que ele não era gay.

“Você tem certeza que eu não sou gay?”, quis saber.

Interessante que esta não foi a primeira vez que Bolsonaro fez esta pergunta. No mês passado, em Fortaleza, ele repetiu o questionamento a uma jornalista ao dizer que, caso eleito, não se importaria com orientação sexual e raça de possíveis componentes de seu governo.

“Você sabe se eu sou gay? Você tem certeza que eu não sou gay?”, perguntou na capital do Ceará e no Roda Viva.

O candidato do PSL criticou várias a cartilha gay nas escolas e afirmou que o MST precisa ser enquadrado como movimento terrorista.

Bolsonaro disse que em 1964 o Brasil vivia uma “guerra fria” e que a tomada do poder pelos militares “não foi golpe”.

O ex-capitão do Exército falou ainda ao Roda Viva que acredita que tem mais votos que Lula, vai reduzir as cotas raciais, suspenderá a intervenção no Rio, e se defendeu atacando Ciro Gomes (PDT): “não apresentou nenhum projeto em quatro anos na Câmara”.

Para fechar com “chave de ouro”, Bolsonaro revelou que seu livro de cabeceira é “Verdade Sufocada” de Brilhante Ustra.

“Brilhante Ustra foi um dos torturadores mais abjetos da ditadura brasileira. Apologia à tortura é crime pelo artigo 287 do Código Penal. Quem faz deveria estar preso, não ser candidato a presidente da República”, reagiu Guilherme Boulos, candidato do PSOL à Presidência da República.

Assista a íntegra da entrevista:

Leia mais

6 de maio de 2014
por Esmael Morais
104 Comentários

Requião insinua que Richa teve “recaída gay” durante entrevista

O senador Roberto Requião, pelo Twitter, insinuou que o governador Beto Richa teve uma "recaída gay" e mostrou ter paixão! por ele ao citá-lo 36 vezes no programa Roda Viva, da TV Cultura; o peemedebista disse que pedirá ajuda aos pastores evangélicos Malafaia e Feliciano para "curar" o tucano da fixação; enfim, começou a campanha eleitoral no Paraná.

O senador Roberto Requião, pelo Twitter, insinuou que o governador Beto Richa teve uma “recaída gay” e mostrou ter paixão! por ele ao citá-lo 36 vezes no programa Roda Viva, da TV Cultura; o peemedebista disse que pedirá ajuda aos pastores evangélicos Malafaia e Feliciano para “curar” o tucano da fixação; enfim, começou a campanha eleitoral no Paraná.

Continua rendendo a entrevista concedida pelo governador Beto Richa (PSDB), ontem à  noite, ao programa Roda Viva, na TV Cultura, quando abriu fogo contra o antecessor e senador Roberto Requião (PMDB).

Para o peemedebista, que foi o principal alvo da artilharia do tucano, Richa teve uma “recaída gay” durante a entrevista. Leia o que tuitou o senador:

Incomoda a repetição por 36 vezes de meu nome pelo Beto na Roda Viva. Paixão? Sem preconceito, Betinho ,mas minha mulher é a Maristela. ... 

Leia mais