Carluxo manda avisar: reajuste de professor não é obra de Ratinho Junior, é do Fundeb

Carluxo manda avisar: reajuste de professor não é obra de Ratinho Junior, é do Fundeb

O vereador Carlos Bolsonaro, o Carluxo, mandou um duro recado para o governador do Panará, Ratinho Junior (PSD), sobre a apropriação de programas do governo federal nas vésperas das eleições de 2022.

Segundo o filho “Zero Dois” do presidente Jair Bolsonaro (PL), o reajuste nos salários dos professores paranaenses foi possível graças ao Fundeb –um programa da União.

Carluxo não esquece da desfeita do governador paranaense para com seu pai, há um mês, quando não foi recepcioná-lo no município de Ponta Grossa. Na época, Ratinho preferiu cumprir agenda em Londrina.

A mágoa do moço continua guardada na geladeira para ficar bem conservada e durar mais tempo.

Ratinho Junior disse nesta segunda-feira (06/12) que nenhum dos mais de 66 mil professores vinculados à rede estadual de educação vai receber menos de R$ 5.545 por mês a partir de janeiro de 2022.

Carluxo lembra que o investimento de R$ 674,4 milhões é recurso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), ou seja, dinheiro do governo federal.

O Fundeb, por sua vez, foi alvo de ataques tanto do governo Jair Bolsonaro quanto parte dos partidos que sustentam o governo Ratinho Junior no Paraná.

Em dezembro do ano passado, a despeito de Bolsonaro e do lobby das escolas privadas, a Câmara aprovou o Fundeb permanente.

Leia também

APP-Sindicato: Ratinho Jr. anuncia reajuste, achata carreira, ignora funcionários e não cita aposentados

Ao vivo: Ratinho Junior promete anunciar aumento de 48% para professores; demais servidores públicos pedem isonomia