Bolsonaro teme sucesso de Michelle e anuncia Ramagem no Rio

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou na sexta-feira, 24/11, que o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ) é o pré-candidato do partido à prefeitura do Rio de Janeiro em 2024.

A declaração foi feita em um encontro com integrantes do PL na capital fluminense.

“É o Ramagem. A princípio está consolidado. É um pré-candidato”, disse Bolsonaro.

“Vi uma pesquisa agora, do Paraná Pesquisa, que dá ele com 9%. O que é muita coisa para quem se lançou agora. Ele é uma pessoa séria, inteligente, delegado da Polícia Federal. Tem tudo para, em chegando à prefeitura, fazer um bom trabalho”, acrescentou.

>>Paraná Pesquisas deixa Michelle Bolsonaro fora de pesquisa no Rio de Janeiro

Economia

A candidatura de Ramagem vem sendo estimulada por Bolsonaro e pelo senador Flávio Bolsonaro.

O ex-presidente já havia declarado que gostaria de ver Ramagem como prefeito do Rio.

No entanto, a decisão de Bolsonaro de anunciar Ramagem como pré-candidato ao mesmo tempo em que sua ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro (PL), também manifestou interesse na disputa, levantou especulações sobre uma possível rivalidade entre os dois.

Alguns bolsonaristas acreditam que Bolsonaro teme o sucesso eleitoral de Michelle.

A ex-primeira-dama é uma figura popular no circuito evangélico e na extrema direita, e tem sido elogiada por seu trabalho político no PL Mulher.

Segundo informações obtidas pelo Blog do Esmael, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro aparece melhor colocada nas pesquisas em comparação a Ramagem nessa corrida pela Prefeitura do Rio.

A disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro em 2024 promete ser uma das mais acirradas da história da cidade.

Ainda é cedo para dizer quem será o vencedor da disputa e quem será o candidato do PL, apesar da inclinação de Bolsonaro pelo nome de Ramagem.

One Reply to “Bolsonaro teme sucesso de Michelle e anuncia Ramagem no Rio”

  1. Este ai ainda não entendeu que ele já não SIGNIFICA MAIS NADA para os BRASILEIROS, aliás, os Brasileiros que tenham consciência e não aquelas amebas que os acompanham. Acredito que o carioca não é burro ao ponto de aceitar que um sujeito tão asqueroso e imoral, mande em um Estado que tem uma das mais belas paisagens, um povo que é trabalhador, que luta para acertar suas mazelas sociais e que gera divisas para o Brasil com seu forte turismo. Sejam espertos cariocas, porque este bozo só quer continuar mamando na teta que a trinta e tantos sustenta ele e sua familía de milicianos. Porque de social, ele não está nem ai, que o digam as famílias das 700 mil vítimas da COVID. E ele disse que não “coveiro”, é o próprio cramunhão em pessoa.

Comments are closed.