Após Greca refugar apoio a Pimentel, articuladores de Ney Leprevost se animam

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PSD), em entrevista à Bandnews Curitiba, esta semana, não confirmou seu apoio à candidatura ao vice Eduardo Pimentel (PSD) nas eleições municipais de 2024.

O mundo político curitibano entendeu como uma “bela refugada” de Greca, que causou apreensão em Pimentel e no consórcio governista.

>>Rafael Greca adia anúncio do candidato à Prefeitura de Curitiba e causa mal-estar com vice Eduardo Pimentel [áudio]

“Primeiro, precisa combinar com a população e apontem quem dos nossos quadros pode merecer suceder a mim como meu candidato na prefeitura de Curitiba. É isso, eu só vou dizer que em junho do ano que vem”, declarou taxativo o prefeito Rafael Greca.

No entanto, essa refugada de Greca animou os luas-pretas do deputado Ney Leprevost (União), pré-candidato a prefeito de Curitiba.

Economia

Há um grupo no entorno de Greca – leia-se vereador Pierpaolo Petruzziello, o superassessor Lucas Navarro de Souza e o marqueteiro Marcelo Cattani – que veem nessa refugada a oportunidade de emplacar a candidatura de Ney Leprevost nas hostes governistas.

>>Escândalo choca Curitiba: Greca teria comprado título de “Cidade Inteligente” na Espanha

Ney Leprevost jura que irá disputar a Prefeitura de Curitiba com ou sem apoio de Greca, no entanto, o parlamentar não descartar receber o virtual apoio do atual prefeito.

Nesse cenário, o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), ficou mais perdido que perereca comprando linguiça em açougue de Foz do Iguaçu (PR).