william bonner jornal nacional globo lula

Jornal Nacional, da Globo, deve pedido de desculpas a Lula, exige PT

O PT, por meio de seus dirigentes e militantes, exige que a TV Globo peça desculpas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Os petistas afirmam que o Jornal Nacional destacou em longa matéria nova inocência de Lula em processo da Operação Zelotes, no entanto, ainda falta William Bonner ler o pedido de desculpas formais da emissora dos Marinho.

“O certo, o correto, o justo, seria a Rede Globo fazer uma autocrítica e pedir desculpas a Lula, Dilma e ao Brasil”, registrou o perfil de Turquim (@turquim5) no Twitter.

Noutro front, o jornalista José Chrispiniano, assessor de imprensa do ex-presidente Lula, critica as fake news do grupo Globo contra o ex-presidente e o PT.

“Será que o Globo pensa em pedir desculpas pelo prêmio ‘Faz a Diferença’ entregue em mãos para Sérgio Moro em 2015?”, questionou o escriba à luz da suspeição do ex-juiz da Lava Jato.

Leia também

“A perseguição política contra Lula e o PT, que contou com apoio acrítico de parte da imprensa brasileira, ajudou a levar ao poder Bolsonaro, o pior presidente do mundo no combate à pandemia do Covid, que nega a ciência e estimula a população contra medidas para proteger sua saúde, e é incapaz de uma palavra de solidariedade diante da morte de 500 mil brasileiros”, escreve Chrispiniano.

Sim, Jornal Nacional, O Globo, enfim, a Rede Globo deve pedido de desculpas ao ex-presidente Lula. No entanto, a emissora dos Marinho só irá fazê-lo no dia que a galinha criar dentes, ou seja, nunca.

A TV Globo está do outro lado do balcão. Ela despolitiza a política para continuar no poder. Vide o Fora Bolsonaro. A emissora carioca tenta dirigir a opinião pública para um confronto pessoal contra “Jair Bolsonaro” enquanto preserva a barbárie que ele e Paulo Guedes promovem no País ocupando a Presidência da República.

A ideia da Globo é criar corpo pelo Fora Bolsonaro e, na sequência, achar uma “cabeça” pela terceira via. Por isso a emissora não poderá desculpas a Lula e ao PT tão cedo.