Geringonça repercute na Assembleia Legislativa do Paraná

Coube ao deputado Michele Caputo, do PSDB, saudar a realização da Geringonça –debate plural e suprapartidário sobre os problemas do Paraná e do Brasil.

Por meio de SUPER LIVE, lideranças de diversos partidos se reuniram na noite desta segunda-feira 929/3) para debater a crise e a construção de políticas públicas para o Paraná. Entre as pautas debatidas: serviços públicos, pedágios nas rodovias, Economia do Paraná e combate à pandemia. A transmissão foi viabilizada pelo Blog do Esmael.

A coordenação do movimento é do deputado Arilson Chiorato, presidente do PT-PR. Também participaram da live os deputados Goura Nataraj (PDT), Luiz Claudio Romanelli (PSB), Michele Caputo (PSDB), Mabel Canto (PSC), e o candidato do PV à Prefeitura de Curitiba em 2020, Professor Mocellin.

LEIA TAMBÉM
Super live às 20h com Requião, Mabel, Goura, Mocellin, Romanelli, Chiorato e Caputo #Geringonça

A proposta partiu do ex-senador Roberto Requião (MDB), que não pôde participar do encontro por problemas técnicos, mas que acompanhou o bate-papo de forma remota e afirmou que estará presente nos próximos debates da inédita organização.

O Encontro Suprapartidário foi denominado Geringonça, o termo surgiu com a exitosa aliança de esquerda que governa Portugal desde 2015 e que retomou a economia naquele país.

Com objetivo de fortalecer o desenvolvimento do Paraná e melhorar a vida da população, os parlamentares já articulam novas inciativas que serão promovidas pelo movimento.

Veja como repercutiu a Geringonça na ALEP: