Eleições 2020: Globo sofre derrota com a confirmação de Crivella no Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), comemorou nesta terça-feira (13) a reforma por instância superior a decisão de um juiz de piso que lhe cassou a candidatura. Com a decisão máxima, o aliado do presidente Jair Bolsonaro continua “firme” na disputa pela Prefeitura e regojiza-se pela vitória sobre a TV Globo.

“Ótima notícia, pessoal”, escreveu no Twitter. “Crivella obtém liminar no TSE e poderá concorrer em novembro”, diz o texto compartilhado pelo prefeito.

Crivella recorreu à Bíblia para comemorar sua vitória no TSE, contra a Globo, que torce pela candidatura do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM).

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32”

Prefeito Marcelo Crivella, comemorando decisão do TSE.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu, na noite de segunda-feira (12), uma liminar a Crivella, que suspende os efeitos da condenação sofrida por ele por abuso de poder político e conduta vedada nas eleições de 2018 que o deixava inelegível por oito anos com base na Lei da Ficha Limpa.

Com a liminar do TSE, Marcelo Crivella poderá concorrer à reeleição no próximo dia 15 de novembro.

A liminar foi concedida pelo ministro Mauro Campbell Marques, relator do pedido feito pela defesa de Crivella, que inclui o ex-ministro Admar Gonzaga. Além de ex-ministro da Corte, Admar é secretário-geral do partido Aliança pelo Brasil, lançado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O prefeito havia sido condenado pelo TRE-RJ, de forma unânime, por participar de um comício eleitoral de seu filho na quadra da escola de samba Estácio de Sá, em setembro de 2018, que reuniu funcionários da Comlurb, empresa municipal de limpeza.

A Globo se manifestou dizendo que a decisão do TSE é “provisória”, mas reconheceu que Crivella está no jogo eleitoral.

Compartilhe agora