[Vídeo] O novo fiasco e a nova leva de mentiras de Bolsonaro na ONU

O presidente Bolsonaro discursou de maneira virtual na Cúpula das Nações Unidas sobre Biodiversidade. Confira:

Bolsonaro afirmou que rechaça “de forma veemente” o que chamou de “cobiça internacional sobre a nossa Amazônia” e disse que vai “defendê-la de ações e narrativas que agridam interesses nacionais”.

“Não podemos aceitar, portanto, que informações falsas e irresponsáveis sirvam de pretexto para a imposição de regras internacionais injustas, que desconsiderem as importantes conquistas ambientais que alcançamos em benefício do Brasil e do mundo”, disse o presidente.

Ele também reivindicou o “direito soberano dos Estados de explorar seus recursos naturais, em conformidade com suas políticas ambientais”.

Ou seja, a Amazônia é nossa e eu destruo da maneira que eu quiser. O problema é que estamos todos no mesmo planeta e, por enquanto, não temos como ir para outro.

LEIA TAMBÉM

Bolsonaro entra no debate contra o candidato Joe Biden dos EUA

Ex-garimpeiro, Bolsonaro prepara liberação da mineração em terras indígenas

Considerada “gripezinha” por Bolsonaro, covid-19 já matou mais de 1 milhão de pessoas no mundo

Compartilhe agora