De olho na concessão da Globo, TV Record intensifica ataque aos Marinho

A guerra aberta entre a TV Globo e a TV Record começou ganhar dramaticidade com denúncias mútuas. Os ataques recíprocos das emissoras, sempre no campo do crime, mostram ao distinto telespectadores que verdadeira batalha de bugios cuja arma principal desses primatas são as próprias fezes.

Há uma semana a TV Record, ligada ao bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, apresenta em horário nobre a série “O lado oculto do império”. Nas reportagens, a emissora destaca os supostos crimes cometidos pela família Marinho.

A Record levou ao ar as seguintes peças:

  • O Lado Oculto Do Império: grupo Globo é delatado à Justiça por sonegações e fraudes desde os anos 90
  • O Lado Oculto Do Império: O envolvimento da Globo na corrupção do futebol
  • O Lado Oculto Do Império: Globo fez pacto com Sérgio Cabral para garantir transmissão das Olimpíadas
  • O Lado Oculto Do Império: João Roberto Marinho foi pego pela Receita por sonegação milionária
  • O Lado Oculto do Império: executivo que negociava direitos de futebol da Globo surge em entrevista
  • O Lado Oculto Do Império: família Marinho tem imóveis de luxo na mira do Ministério Público Federal

A última reportagem da série é sobre um imóvel de luxo dos Marinho em Angra dos Reis, Rio, que estaria sendo investigado pelo MPF.

“Imóveis de luxo da família Marinho, no Rio de Janeiro, estão na mira da Justiça”, diz a chamada para a reportagem. “Duas mansões erguidas no meio da Mata Atlântica teriam sido construídas sem respeitar as leis ambientais”, agrava a locução em off. “Os danos à natureza foram considerados graves e o Ministério Público Federal já pediu a demolição de uma delas”, denuncia a Record.

“Já uma cobertura em Ipanema, em um dos endereços mais caros do país, foi reformada sem as autorizações obrigatórias e já recebeu quase R$ 500 mil em multas.”

Assista à penúltima reportagem da série O Lado Oculto Do Império:

A TV Globo, por sua vez, não fica passiva. Aliás, a iniciativa dos ataques contra a Igreja Universal partiu dos Marinho, que, a qualquer custo, tentam interferir no resultado das eleições municipais do Rio. O clã não admite, de jeito nenhum, a reeleição do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro.

TV Record está de olho na concessão da Globo

O Blog do Esmael conversou com um bolsonarista com acesso fácil ao terceiro andar do Palácio do Planalto, onde fica o gabinete do presidente da República Jair Bolsonaro. Segundo essa fonte palaciana, não condições de acordo com a emissora dos Marinho –embora a TV carioca feche em alguns temas –principalmente econômicos– com o governo.

Em 2022, o governo decidirá se renova ou não a concessão da Globo. Mas ele já disse que “não” renovará o funcionamento da emissora dos Marinho.

“Globo lixo. Lixo, não, que dá para reciclar. Se não tiver com a contabilidade certinha, em 2022, não terá a concessão renovada”, ameaçou o presidente. “Não vou dar dinheiro a vocês, Globo. Não tem dinheiro para vocês”, disparou Bolsonaro em abril deste ano.

É aí que a Record quer entrar. A emissora do bispo Edir Macedo quer herdar a concessão da Globo.

Em outros momentos, também obscuros, na ditadura militar, as concessões de rádio e TV de opositores eram cassadas e cedidas para grupos governistas, qual seja, chapas-brancas.

Compartilhe agora