Crivella chama Globo de “lixo” e expõe em vídeo delação de Dario Messer; assista ao vídeo

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), publicou um ofensivo vídeo nas redes sociais se defendendo no caso dos “Guardiães” da Prefeitura.

Crivella adota a máxima segunda qual o ataque é a melhor defesa.

No vídeo disseminado nas redes sociais, Crivella chama da Globo de “lixo” mostrando que a emissora sempre tem os links (transmissões ao vivo) invadidos por pessoas que contestam as “fake news” da emissora.

Marcelo Crivella ainda disse que a Globo protege alguns seus, dentre os quais o ex-governador Sérgio Cabral, e afirmou que os Marinho foram delatados na Lava Jato pelo doleiro Dario Messer.

Segundo o prefeito do Rio, a Globo, que age como partido político de oposição, é acusada de evasão de divisa

LEIA TAMBÉM

Lula no Jornal Nacional, da Globo, incendeia as redes sociais

Pela quinta vez, uma ação contra Lula foi rejeitada pelo judiciário, no caso o TRF1, de Brasília, onde o ex-juiz Sérgio Moro e a Lava Jato tentaram invadir a jurisdição de forma parcial e ilegal. O lead da notícia era essa, mas o Jornal Nacional errou. O apresentador William Bonner teve de corrigir ao vivo na edição desta terça-feira (1º).

A emissora havia informado incorretamente que Lula havia sido condenado na primeira instância no caso penal em que o ex-presidente era acusado de receber vantagem indevida da Odebrecht, por meio de Taiguara Rodrigues e por meio de palestras comprovadamente realizadas. O caso ficou conhecido como “Odebrecht/BNDES/Angola”.

“O Jornal Nacional teve que retificar uma informação enviesada sobre o quinto arquivamento seguido de acusações contra o ex-presidente Lula”, repercutiram as redes sociais. “O episódio ganhou destaque no Twitter, que não perdoou a má fé do veículo que, mais uma vez, omitiu detalhes da absolvição de Lula.”

“Sempre que foi julgado por um órgão imparcial e independente — fora da Lava Jato de Curitiba — Lula foi absolvido ou a acusação foi sumariamente rejeitada”, afirmou a defesa do petista.

O ex-presidente Lula lista as cinco ações penais que foram rejeitadas pelo judiciário:

  1. Caso “Quadrilhão”
  2. Caso “Obstrução de justiça” (Delcídio do Amaral)
  3. Caso “Frei Chico”
  4. Caso “Invasão do Tríplex”
  5. Caso Odebrecht/BNDES/Angola

O advogado Cristiano Zanin Martins, da defesa do ex-presidente, por meio de nota, afirmou que a expectativa é de que o Supremo Tribunal Federal acolha os dois habeas corpus que tramitam perante aquela Corte e que pedem a anulação dos processos abertos contra Lula pela Lava Jato de Curitiba em virtude da suspeição do ex-juiz Sergio Moro e dos procuradores da República liderados por Deltan Dallagnol. Segundo o defensor, o objetivo é que o ex-presidente possa ter direito a um julgamento justo e imparcial também em relação a esses casos.

Com as redes sociais em chamas, os bolsonaristas acusam a TV Globo de ser petista. Para os correligionários do “Capitão Cloroquina”, a emissora de televisão tem a “obrigação” de continuar censurando o ex-presidente Lula e apoiar incondicionalmente o atual governo.

Assista ao vídeo: