Morre Gilson Menezes, o primeiro prefeito eleito pelo PT

Compartilhe agora


Faleceu neste sábado (22), o operário metalúrgico Gilson Menezes, um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT). Ele foi o primeiro militante do partido a vencer uma eleição e se eleger prefeito.

Gilson foi eleito pelo PT prefeito de Diadema, região do ABCD paulista, em 1982.

O Diretório do PT de Diadema divulgou nota de pesar. Leia a seguir:

É com profundo pesar que a direção Municipal do Partido dos Trabalhadores comunica o falecimento na data de hoje, 22 de fevereiro de 2020, de um de seus fundadores, Gilson Menezes.

A morte ocorreu às 0h30. Segundo informações, Gilson estava em Santa Catarina há quatro meses na busca de um transplante de rim, porém, o caso era grave.

Baiano da cidade de Miguel Calmon (360 km de Salvador), Gilson Menezes nasceu no dia 16 de julho de 1949. Chegou em Diadema com 11 anos de idade, por coincidência, exatamente no primeiro ano completo de emancipação.

Metalúrgico, trabalho na Petri e na Scania. Na montadora foi um dos líderes das históricas greves de 1979 que não só entraram na história da luta dos trabalhadores, mas também no combate à Ditadura Militar (1964-1985).

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro e Michele estão separados, sugere velha mídia

Fundador do Partido dos Trabalhadores (PT), *em 1980, entrou na história da legenda por seu o primeiro militante do partido a vencer uma eleição e se eleger o PRIMEIRO PREFEITO DO PT*. Foi eleito com 23.310 votos, ao lado do vice, Paulo Afonso da Silva (PT).

A passagem marcante pela Prefeitura de Diadema entre 1983 e 1988 o credenciaram a tentar uma vaga como deputado estadual.

Foram dois mandatos, sendo o segundo incompleto, pois em 1996, pelo PSB, foi eleito novamente prefeito com 88.439 votos.

Junto com o Companheiro Mario Reali foi eleito vice prefeito de Diadema.

Companheiro Gilson Menezes, presente, agora e sempre.

Partido dos Trabalhadores

Diretório Municipal de Diadema