Bernie Sanders lidera com 55,7% caucus em Nevada

Compartilhe agora
Bernie Sanders propõe o “Medicare for all”, um Sistema Único de Saúde (SUS) nos EUA.

O senador Bernie Sanders disparou na liderança do caucus no estado de Nevada, segundo o jornal The New York Times. O aspirante a adversário de Donald Trump, em novembro, lidera a disputa com 55,7% na apuração parcial.

A prévia num caucus é feita através de contagem presencial de delegados no Partido Democrata.

O quadro de apuração é o seguinte:

Sanders ………….. 55.7%
Biden ……………… 19.8%
Steyer ……………… 9.2%
Warren …………….. 8.3%
Buttigieg …………… 5.8%

Na contagem total, incluindo Iwoa e New Hampshire, Sanders virou e tem a maioria dos delegados.

A disputa deste sábado (22) é importante para impulsionar a candidatura e angariar financiadores para a corrida presidencial contra Trump.

Como funciona o caucus
Nos caucus, os eleitores se reúnem em uma espécie de assembleia, que é feita em um espaço chamado de precinto. O precinto pode ser um ginásio, escola, igreja, centro comunitário – ou até mesmo a casa de alguém – e é determinado pelo endereço do eleitor.

Nos caucus do Partido Democrata, em vez de preencher uma cédula com o nome do candidato e colocá-la em uma urna, como nas primárias, os eleitores se separam em grupos, dentro do precinto, conforme o candidato que apoiam – como ocorreu em Iowa, por exemplo. Em outros estados, os participantes apenas levantam as mãos para votar.

Tudo é feito de maneira aberta, ao contrário das votações em urnas. Três estados – Iowa, Nevada e Wyoming – e quatro territórios americanos – Guam, Ilhas Marianas do Norte, Samoa Americana e Ilhas Virgens dos Estados Unidos – têm caucus.

O que é o caucus
Uma sessão de mediação acontece entre as partes em litígio, acompanhadas de advogados ou não, e uma terceira figura imparcial, o mediador. Em princípio, esse encontro é realizado em conjunto, mas é possível que o mediador opte por conduzir sessões privadas com cada uma das partes e por igual quantidade de tempo. Essas reuniões se chamam caucus.

Essa palavra tem origem nas comunidades indígenas da América do Norte, que eram designadas para encontros individuais que aconteciam entre seus membros. A palavra nem sequer existe no inglês britânico: é uma “invenção” do inglês americano.

Primárias
São parecidas, no formato, com as eleições gerais, que acontecerão no dia 3 de novembro: os eleitores vão a um local de votação, escolhem seu candidato em uma cédula, de forma secreta, colocam a cédula em uma urna e vão embora. Depois, a quantidade de delegados que cada candidato recebe é determinada de forma proporcional, conforme a quantidade de votos que ele teve.

Em regra, as primárias são organizadas pelos governos locais ou estaduais, mas há exceções: o Alaska, a Dakota do Norte, o Havaí e o Kansas, assim como os eleitores fora dos Estados Unidos, vão votar em primárias organizadas pelo Partido Democrata, e não pelos governos locais.