PT cobra governo Doria sobre massacre de Paraisópolis

Publicado em 3 dezembro, 2019
Compartilhe agora!


Em reunião na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), nesta terça-feira (3), deputados da bancada estadual do PT exigiram uma investigação justa sobre a morte de nove jovens na favela de Paraisópolis, zona sul da capital paulista, após uma ação repressiva da Polícia Militar na madrugada de domingo (1).

As vítimas do massacre tinham de 14 a 23 anos e estavam em um evento de funk que acontece todo fim de semana no local. A festa foi atacada brutalmente por policiais militares, que encurralaram os moradores da área e abusaram da violência, com ataques de cassetete, balas de borracha e bombas de gás. Apesar da tragédia, o governador do estado de São Paulo, João Doria, afirmou que o trabalho das forças de segurança foi correto.

LEIA TAMBÉM:

Vídeos mostram cenas do massacre em Paraisópolis; assista

PT e PSOL pedem apuração sobre massacre em Paraisópolis

Assembleia Legislativa do Paraná continua ocupada por grevistas; confira

Por isso, a Bancada do PT na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) cobra respostas e providências do governo estadual sobre as investigações da tragédia. Em reunião na Alesp nesta terça-feira (3), os parlamentares petistas expressaram a revolta com o excesso de força dos policiais que agiram com truculência.

*Com informações da Agência PT de Notícias

Compartilhe agora!