Intercept divulga novos diálogos sobre Moro

Publicado em 19 outubro, 2019
Compartilhe agora!

O site The Intercept Brasil divulgou neste sábado (19) novas mensagens sobre o ex-juiz Sérgio Moro, mostrando mais violações à Constituição Federal e ao devido processo legal.

“Russo”, como é chamado Moro por procuradores e delegados, chefiava não só o Ministério Público Federal, mas também a Polícia Federal.

[Moro ainda continua a comandar a PF, só que agora por força hierárquica; o órgão faz parte da estrutura do Ministério da Justiça].

O ex-juiz era quem, de fato, dirigia a força-tarefa Lava Jato. Ele batia o escanteio, corria na área para cabecear e ainda agarrava a bola no gol –quando interessava.

O sistema acusatório penal brasileiro, previsto na Constituição, veda o conluio entre acusação e julgador. Mas Moro nunca esteve nem aí para as ilegalidades que cometia, revelam as conversas no aplicativo Telegram.

Delegados da PF e procuradores da força-tarefa mantinham uma devoção canina ao atual ministro da Justiça.

LEIA TAMBÉM
#Bolsolão indica risco de impeachment de Bolsonaro

Bolsonaro aciona AGU para processar Delegado Waldir

Joice Hasselmann pode implodir Bolsonaro, ao vivo, no Roda Viva de 2ª feira

Segundo da #VazaJato, Sérgio Moro deferiu a busca e apreensão contra o ex-presidente Lula, em março de 2016, que não foi pedida por ninguém.

Os §§ 1º e 2º do art. 240 do Código de Processo Penal estabelece que a busca e apreensão estão autorizadas somente se houver “fundadas razões” arguidas anteriormente.

“Russo deferiu uma busca que não foi pedida por ninguém…hahahah. Kkkkk”, escreveu Luciano Flores, delegado da PF alocado na Lava Jato, em fevereiro de 2016, no grupo Amigo Secreto — se referindo a Moro pelo apelido usado pelos procuradores e delegados.

“Como assim?!”, respondeu Renata Rodrigues, outra delegada da PF trabalhando na Lava Jato.

O delegado Flores, em resposta, avisou ao grupo: “Normal… deixa quieto…Vou ajeitar…kkkk”.

Veja os diálogos divulgados pelo site Intercept:

Rodrigo Prado – 15:48:19 – Senhores: SUPRIMIDO utiliza seu email particular para receber email que seriam direcionados ao LILS. Seria interessante a quebra. Podemos obter informacoes boas
Prado – 15:49:00 – Gmail
Athayde Ribeiro Costa – 15:52:32 – Otimo
Costa – 15:52:39 – Tem o endereco ja?
Prado – 15:59:00 – Sim
Prado – 15:59:47 – Ja passo
Prado – 16:03:15 – SUPRIMIDO
Márcio Anselmo – 16:03:34 – Kct
Anselmo – 16:03:42 – Esse e-mail deve ser destruidor
Luciano Flores – 16:06:16 – Com essas informações sobre o envolvimento de SUPRIMIDO, não seria o caso de pedir apreensão do smartphone dele???
Prado – 16:07:16 – Exato. Acho que esse telefone é muito importante.
Prado – 16:07:35 – So que se apreendermos, perdemos o grampo
Prado – 16:07:47 – O LILS fala muito nesse telefone
Prado – 16:07:50 – O tempo todo
Prado – 16:07:58 – É o fone seguro dele
Prado – 16:08:16 – Fala com PEPs somente nesse
Flores – 16:10:16 – Talvez seja mais um motivo para apreendermos… se até lá ainda não tenha caído alguma prerrogativa de foro que justifique a subida dos autos… aí diminuiríamos as chances disso acontecer
Costa – 16:56:44 – Não caiu nada sobre as palestras ainda?
Flores – 17:47:27 – Prezados, temos 8 conduções coertivas. Quem tiver quesitos para serem perguntados favor me enviar para eu repassar às equipes que farão as oitivas ainda na manhã do dia D.
Flores – 17:48:24 – Procs, favor informar se vão participar de alguma oitiva dos conduzidos
Flores – 17:48:48 – Até o momento…
Roberson Pozzobon – 18:08:51 – Beleza, Luciano
Orlando Martello – 18:09:52 – Luciano, Por enquanto está mantida a data?
Costa – 18:10:44 – Ok. Vamos formular e enviamos
Flores – 18:12:08 – Sim. Mantida a data de sexta-feira, né?
Flores – 18:18:04 – Russo deferiu uma busca que não foi pedida por ninguém…hahahah
Renata Rodrigues – 18:18:20 – Kkkkk
Rodrigues – 18:18:20 – Como assim?!
Flores – 18:18:37 – Normal… deixa quieto…
Flores – 18:19:40 – Vou ajeitar…kkkk
Compartilhe agora!