Bolsonaro aciona AGU para processar Delegado Waldir

Publicado em 18 outubro, 2019
Compartilhe agora!

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) acionou a Advocacia-Geral da União (AGU) para processar o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), por ameaça, informa a Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, “a equipe do ministro André Mendonça estuda, nesta sexta-feira (18), quais medidas criminais são cabíveis contra o deputado”.

LEIA TAMBÉM:
Delegado Waldir admite votar contra Bolsonaro no Congresso

CPI das Fake News inicia série de audiências públicas na próxima terça

Desembargador suspende novo inquérito de caixa 2 contra ministro do laranjal

Delegado Waldir foi gravado durante uma reunião em que alguns parlamentares do PSL discutiam a investida do presidente Bolsonaro para emplacar seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), como líder do partido na Câmara.

Na gravação, o líder do PSL afirma que vai “implodir o presidente” e chama Bolsonaro de “vagabundo”.

“Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Eu tenho a gravação. Não tem conversa, não tem conversa. Eu implodo o presidente. Acabou o cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo. Eu andei no sol em 246 cidades para defender o nome desse vagabundo”.

Compartilhe agora!