Efeito Bolsonaro: Gigante mundial da moda boicota couro do Brasil

Publicado em 6 setembro, 2019
Compartilhe agora!

A H&M (Hennes et Mauritz), segunda maior varejista de moda do mundo, declarou nesta quinta-feira (5) que parou de comprar couro do Brasil devido a preocupações ambientais com a Amazônia.

“Devido aos graves incêndios na parte brasileira da Floresta Amazônica e às conexões com a produção de gado, decidimos suspender temporariamente o couro do Brasil”, afirmou a H&M em comunicado.

“A proibição permanecerá ativa até que existam sistemas de garantia críveis para verificar se o couro não contribui para danos ambientais na Amazônia”, afirmou o documento.

LEIA TAMBÉM
Marcas boicotam couro do Brasil em protesto às queimadas na Amazônia

Há um ano, Bolsonaro levava a facada de Adélio Bispo

Augusto Aras na PGR é derrota da Lava Jato e humilhação para Moro

Em nota, o ministério da Agricultura disse que buscará “mostrar a todos os compradores de couro do Brasil, que a produção agropecuária é sustentável e que não existe motivos para esta suspensão”.

As informações são da Folha de S. Paulo.

Compartilhe agora!