Paulo-pimenta -complô

Pimenta critica supensão da investigação do caso Flávio Bolsonaro/Queiroz

Compartilhe agora

Paulo-pimenta -complô O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), criticou duramente a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, de suspender todas as investigações envolvendo o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), e consequentemente do ex-assessor da família presidencial, Fabrício Queiroz. Em vídeo postado no Twitter nesta terça-feira (16), Pimenta afirmou que o presidente do STF tenta proteger a família Bolsonaro.

“O presidente do STF, durante o recesso, em uma decisão monocrática, vem pedir que todas instâncias do poder judiciário parem de investigar Flávio Bolsonaro e Queiroz. Qual é o medo? De comprovar dinheiro do crime organizado na conta da família do presidente da República? Isso é inaceitável, revoltante, isso é indigno! Nós não podemos aceitar essa proteção a família de metralhas milicianos, criminosos, que tomou de assalto o Palácio do Planalto”, protestou Paulo Pimenta.

LEIA TAMBÉM:
“Da minha parte, está definido”, diz Bolsonaro sobre filho na embaixada

“O Queiroz é um bandido, é o caixa da família Bolsonaro a muitos anos. Já está mais do que provado que Flávio Bolsonaro recebia na conta dele dinheiro de milicianos, de assassinos do crime organizado, e o Queiroz pegava esse dinheiro e ainda depositava na conta da Michelle Bolsonaro, a primeira dama do Brasil”, acusou o líder petista.

Confira o vídeo:

Com informações do PT na Câmara