Deltan Dallagnol

Ministros do STF ironizam decisão do CNMP de não investigar palestras de Dallagnol

Compartilhe agora

Deltan Dallagnol Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ironizaram membros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) por avalizarem as palestras do procurador Deltan Dallagnol como legais e filantrópicas.

Segundo a coluna Painel, da Folha, parte do colegiado foi questionada por ministros se os novos vazamentos não deixam claro que o procurador é mesmo um exemplo de “abnegação” e “espírito público”.

LEIA TAMBÉM:
Globo faz piada com indicação de Eduardo para embaixada; assista

A coluna destaca que “integrantes do CNMP que já planejavam reabrir investigação sobre Dallagnol por suposta dobradinha com o ex-juiz Sérgio Moro agora dizem que é inevitável levar também o tema das palestras à reavaliação do órgão”.

Neste domingo (14), reportagem publicada pela Folha S.Paulo em parceria com o site The Intercept Brasil revelou que Dallagnol usou a fama obtida como chefe da operação Lava Jato para lucrar com palestras.