Destruição da Amazônia cresce 20%, diz Ong

O Imazon, organização não governamental que monitora a Floresta Amazônica há duas décadas, informou que ritmo do desmatamento aumentou 20% nos últimos nove meses.

Imagens de satélite mostraram que a região perdeu 2.169 quilômetros quadrados de floresta de agosto a abril. 20% acima dos 1.807 quilômetros quadrados perdidos no período anterior.

O ano de monitoramento do grupo começa em agosto, para coincidir com a estação seca do Brasil, quando as taxas de extração são geralmente mais altas.

Os analistas do grupo culpam a exploração madeireira descontrolada e a invasão de terras por grande parte das perdas, algumas das quais ocorreram em áreas protegidas e reservas indígenas.

LEIA TAMBÉM: Agora o Ibama avisa onde vai fiscalizar

O boletim do desmatamento publicado pelo Imazon pode ser visto aqui.

As informações são do Sputnik.