Vale é ‘joia brasileira’ e não pode ser condenada por um ‘acidente’, diz presidente da empresa

O presidente da mineradora Vale, Fabio Schvartsman, afirmou nesta quinta-feira (14) durante uma reunião da Comissão Externa da Câmara sobre a tragédia de Brumadinho (MG) que a Vale é uma “joia brasileira” e não pode pagar pelo que classificou de “acidente”.

LEIA TAMBÉM:

PT aciona Moro na comissão de ética por reunião com Taurus

“A Vale é uma das melhores empresas que eu conheci da minha vida. É uma joia brasileira, que não pode ser condenada por um acidente que aconteceu em sua barragem, por maior que tenha sido a tragédia, disse o presidente da companhia.

O rompimento da barragem em Brumadinho, que ocorreu no dia 25 de janeiro, deixou 166 mortos e 155 desaparecidos.

Schvartsman permaneceu sentado quando todo o plenário da Comissão Externa fazia um minuto de silêncio em memória das vítimas da empresa.

O registro fotográfico é do repórter Lula Marques.