Por Esmael Morais

Bolsonaro é aconselhado a não falar sobre economia

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi orientado por auxiliares próximos a não falar mais sobre assuntos econômicos para evitar a confusões, informa nesta segunda feira (7) o jornalista do G1, Gerson Camarotti. LEIA TAMBÉM: Ouça a “Marchinha do Laranja” para

Publicado em 07/01/2019

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi orientado por auxiliares próximos a não falar mais sobre assuntos econômicos para evitar a confusões, informa nesta segunda feira (7) o jornalista do G1, Gerson Camarotti.

LEIA TAMBÉM:
Ouça a “Marchinha do Laranja” para homenagear o Queiroz no Carnaval

Na última sexta-feira (4), o presidente afirmou que o seu ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciaria a redução da alíquota máxima do Imposto de Renda e o aumento do IOF. Tal afirmação causou imenso mal-estar no governo e Bolsonaro precisou ser desmentido por seus ministros.

“Esse episódio serviu de grande aprendizado. Na campanha, tudo de economia era com o ‘Posto Ipiranga’. Esta sistemática tem que ser mantida no governo”, disse um auxiliar do presidente ao jornalista.

Segundo Camarotti, a expectativa é que depois desse episódio Bolsonaro escolha rapidamente um porta-voz para evitar o desgaste de ser desmentido novamente e ter que falar sobre todos os temas.