Facebook violou dados de usuários

Uma comissão parlamentar britânica divulgou nesta quarta (5) que o Facebook violou a privacidade de milhões de usuários para favorecer companhias como Airbnb, Lyft e Netflix.

LEIA TAMBÉM
Campanha pró Bolsonaro furtou dados de usuários do Facebook, diz BBC News

Há um ditado no Brasil segundo qual ‘onde passa um boi também passa uma boiada’, logo se a empresa de Mark Zuckerberg cedeu dados de usuários para essas firmas também pode ter cedido para fins políticos.

Segundo a comissão britânica, o Facebook violou e-mails e outros dados dos usuários entre os anos de 2012 e 2015, quando a rede social teve uma explosão de crescimento no mundo.

Ainda de acordo com a comissão, o Facebook está firmando acordos para restringir acesso a dados dos usuários e o limite do compartilhamento das informações aos desenvolvedores de aplicativos.

Comentários encerrados.