Ibope ‘revela’ que Richa teme Requião

O instituto de pesquisa Ibope, conhecido no Paraná como “iBeto”, registrou sondagem sobre a disputa pelo governo do Paraná. A “novidade” é que a empresa não consultará a intenção de voto do eleitorado paranaense nas corridas pelo Senado e Presidência da República.

Até as estradas que testemunham a justa greve dos caminhoneiros sabem que o “iBeto” torce pelo ex-governador Beto Richa (PSDB), que renunciou para disputar o Senado. Aliás, o Ibope teve milionários contratos com o governo do PSDB.

Dito isto, por que o Ibope não vai pesquisar a situação do tucano? Simples. A ideia do instituto é inflar a candidatura do senador Roberto Requião (MDB-PR), para o governo, para tirá-lo da reeleição ao Senado e, consequentemente, deixar o caminho livre para Richa que precisa conquistar um foro privilegiado.

O levantamento do “iBeto” prevê quatro cenários na disputa pelo governo do Paraná, em três deles Requião será “experimentado” pelos entrevistadores.

Contratada pela rádio CBN de Cascavel, a pesquisa custou R$ 94.750 e será divulgada na próxima quinta-feira, dia 31, feriado de Corpus Christi.

Comentários encerrados.