Bancos fazem lobby pela vice de Lula

Lula quer regular a mídia, os juros, revogar as privatizações e as reformas de Michel Temer. Lula lidera todas as pesquisas, por isso os bancos querem a sua vice. É o lobby na praça.

Lula não só não deve aceitar novamente conluio com os bancos [Henrique Meirelles foi fruto do acordo na primeira eleição, em 2002]. Deve elevar o tom e meter na cadeia esses ladrões dos dinheiros público e privado.

Bertold Brecht sempre questionava em tom de denúncia: “Quem é o maior ladrão? Quem rouba ou quem funda um banco?”

Portanto, ou o PT mantém-se firme no propósito revogatório ou sucumbirá nas urnas em 2018.

A melhor aliança sempre é com o capital produtivo, nunca com o capital parasitário.

O lobby para que Lula ceda a vice para um banqueiro foi registrado neste sábado (9) pela jornalista Monica Bergamo, na Folha.

Veja o que escreveu Bergamo:

TORCIDA
Uma parcela do PT acredita, e defende, que Lula busque para vice um nome do mercado para amenizar a imagem de “radical” que voltou a ter para parte dos empresários. A torcida recai sobre Luiz Trabuco, do Bradesco –apesar das enormes dificuldades previstas para convencê-lo a topar a parada.

MEMÓRIA
Seria um repeteco de 2002, quando Lula escolheu José Alencar, da Coteminas, para ser seu vice.

Comments are closed.