Ciro: PSDB não é um partido sério desde Fernando Henrique Cardoso

| 4 Comentários

O ex-governador Ciro Gomes (PDT) abriu a caixa de ferramentas, nesta segunda-feira (13), contra o PSDB ao afirmar que o partido não é sério desde FHC.

“O PSDB já não é mais um partido sério desde o [governo] Fernando Henrique”, disparou o pedetista durante uma palestra em São Paulo.

O disparo ocorreu quando o presidenciável comentava a guerra intestina no PSDB. Segundo Ciro, “isso aí é só um desdobramento da corrupção que o Fernando Henrique impôs à estrutura do PSDB”.

Em 1992, Ciro Gomes foi eleito governador do Ceará pelo PSDB. Ele também passou pelo PDS, onde começou a carreira política, PMDB, PPS, PSB, PROS e agora PDT.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ciro  Ferreira Gomes:
    – Ministro da Fazenda (responsável pela implantação da primeira fase do Plano Real)
    – Ministro da Integração Nacional (responsável pelo projeto de Transposição do Rio São Francisco)
    – Governador do Ceará (mais jovem governador da história do Brasil)
    – Deputado Federal
    – Deputado Estadual
    – Prefeito de Fortaleza (mais popular do País pelo DATAFOLHA e IBOPE)
    – Consultor da ONU (Organização das Nações Unidas) em Políticas Públicas
    – Pesquisador-visitante em Economia Política na Law School da Universidade de Havard (EUA)
    – Membro do Fórum Econômico Mundial
    – Bacharel em Direito (UFCE) e Professor de Direito Constitucional
    – Escritor, com de 03 livros publicados
    – Medalha da Ordem do Rio Branco, no Grau de Grã-Cruz 
    – Medalha da Ordem ao Mérito Naval, no Grau de Grande Oficial
    – Medalha do Pacificador, outorgada pelo Exército
    – Medalha Juscelino Kubitscheck, outorgado pelo Governo de Minas Gerais
    – Condecorado com Mérito da Defesa, Grau de Grã-Cruz 
    – Vencedor de Prêmio Internacional (aos 15 anos de idade) sobre a vida e obra de Luís de Camões
    Obs.: Recusou-se a receber TODAS as aposentadorias que teria direito pelos cargos políticos ocupados ao longo da vida, por considera-las imorais.

  2. Mas êle se diz, com todas as letras, ser AMIGO do Presidenciável do tal Partido……………………….; por isso nunca é de se afastar, de lá na frente, êle ainda tentar se valer da máquina (ainda que enferrujada) do PSDB na sua sanha de chegar à Presidência da República……………….!!!!!

    Quem viver verá………………!!!!!

  3. Ninguém é obrigado a continuar nesses partidos, que na verdade é mais do que uma máfia camuflada, para arrancar o couro do povo trabalhador!!!

  4. Ele saiu do PSDB pelo mesmo motivo que saiu dos outros partidos posteriormente. Os partidos se corromperam e ele não quis compactuar. Ai vem os babacas e falam que mudar de partido é ruim. Bom é ficar em um partido podre e que não cumpre o que ele mesmo prega? Acordem.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.