Requião “belisca” Ratinho Jr

O senador Roberto Requião (PMDB), pré-candidato ao governo do Paraná, não perdoou a prisão de um membro do staff do também pré-candidato Carlos Massa Junior (PSD), o Ratinho Junior, por recebimento de propina de prefeituras.

O peemedebista repercutiu no Twitter notícia sobre a prisão em flagrante de Vanderley Borgert, da liderança do PSD na Assembleia Legislativa do Paraná, por suspeita de praticar corrupção passiva.

O moço preso nesta quinta-feira (19) é lotado no gabinete do deputado Marcio Nunes, atual líder do PSD na Assembleia e tesoureiro estadual do partido. O parlamentar é coordenador da campanha de Ratinho Junior.

Na próxima segunda-feira (23), o deputado Requião Filho (PMDB) promete pedir explicações aos colegas de parlamento Ratinho e Márcio Nunes. A conferir.

Durante esta semana, Ratinho Junior e os Requião se estranharam depois da ameaça do primeiro de instalar uma CPI da Carne Fraca na Assembleia. Requiãozinho saiu na frente e protocolou a referida comissão de investigação. Aí o deputado do PSD “correu”, segundo os peemedebistas.

“Por que ratos da Assembleia do Paraná não fazem a CPI da Carne Fraca, Quadro Negro, Publicano? Ratarada atoa! Saiam para o limpo, fora da toca! Já”, disparou o senador Requião.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. E ESSE QUADRILHEIRO, ASSESSOR DO DEPUTADO DO PARTIDO DO RATINHO JÚNIOR? COMO É QUE FICA AO CANDIDATO A GOVERNADOR? ESTÁ CERCADO DE “”””PESSOAS HONESTAS?”””””