Lula: ‘ração para pobre’ e ‘aumento de gás de cozinha’ são frutos do golpe

O ex-presidente Lula não tem dúvidas de que o golpe foi para ferrar os mais pobres deste país. Foi esse o tom no discurso do petista, nesta segunda-feira (16), no município Ferraz de Vasconcelos (SP). “Quanto custava o gás de cozinha no meu governo? Fiquei oito anos sem aumentar”, carimbou.

Durante o comício para a militância petista, Lula reclamou da derrota do Corinthians para o Bahia, da invasão de sua casa e do filho dele na semana passada. “Só tem um jeito de resolver isso e é eles me enfrentarem nas eleições”, afirmou.

“E por mais que eles batam no PT quando faz a pesquisa não é o PSDB que aparece em primeiro…”, completou.

Segundo Lula, “eles” deram um golpe dizendo que sabiam resolver o problema do Brasil. “Em 2018 diremos pra eles que vamos eleger alguém pra resolver. Eles sabem que nós sabemos como consertar esse país”, disse, sem sugerindo que “eles” seriam a velha mídia e setores do judiciário.

“Acabaram com os direitos trabalhistas que conquistamos em 1943. Colocam a culpa no custo brasil. Compare o custo de um trabalhador americano. O que eles querem que é que não tenhamos mais direitos”, discursou o ex-presidente.

Para Lula, a privatização da Petrobras e o aumento do gás de cozinha são provas concretas de que o país está sendo governado em benefício da classe alta. “Toda vez que chega alguém e começa a cuidar dos pobres eles começam a derrubar essa pessoa”, observou.

“Hoje cada casa tem um desempregado. O salário está diminuindo. Toda vez q gente lá de cima tentar resolver economia quem paga o pato é o povo. Quem paga o pato não é o Paulo Skaf, é o povo pobre”, espezinhou, referindo-se ao presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp).

O ex-presidente Lula também não perdoou o prefeito paulistano João Doria (PSDB), que, segundo ele, resolveu na semana passada que o povo pobre tem que comer ração.

“Não respeita as pessoas humildes desse país”, criticou.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O tal playboy que se diz prefeito, mostra toda sua habilidade para retribuir a generosidade daqueles idiotas que votaram nele.
    No Paraná não foi diferente.
    O Prefeito atual, durante a campanha, disse que tinha nojo do cheiro de pobre que até dava ânsia de vômito…e foi eleito
    É assim que os fascistas foram tomando conta das duas cidades mais tucanos do país. E o resultado aí está.
    O povo apanha e não aprende, porque fica assistindo o lixo que a globo joga no ar todos os dias.

  2. Nosso líder se tornou um populista demagogo. Essa história de rico x pobre énuma ladainha sem fim com o único interesse eleitoral. É óbvio que em um país pobre, mantido assim por gente como ele, essendiacurso tem plateia. Mas espero que saibam reconhecer que nosso líder supremo não tem mais nenhuma condição de ser presidente após tantos escândalos.

  3. Pingback: Lula: ‘ração para pobre’ e ‘aumento de gás de cozinha’ são frutos do golpe | BRASIL S.A

  4. Com vitórias consagradoras na Constituinte e nas eleições regionais (tudo em 2017!) , “ditador” Maduro dá uma lição de democracia ao mundo:

    https://www.telesurtv.net/news/Presidente-Maduro-Ha-triunfado-la-paz-y-la-democracia-en-Venezuela–20171015-0083.html

  5. Juntando a tudo isso… os golpistas liberaram o trabalho escravo no Brasil!

  6. Como ex fabricante de rações balanceadas para animais ( Ind.Paranaense de Rações) jamais utilizei carne podre, milho azedo , soja mofada, casca de arroz ou bagaço de cana misturada com areia para alimentação de galinhas, porcos, vacas e cavalos…na década de 60/70, tínhamos mais respeito com os animais do que alguns riquinhos de hoje têm com os brasileiros pobres