Deputados que votaram pela investigação de Temer entram com mandado contra punição no PMDB

| 7 Comentários

Os deputados suspensos do PMDB, por terem votado favoravelmente à investigação do ilegítimo Michel Temer (PMDB), na Câmara, entrarão com mandado de segurança na segunda-feira (14) contra o presidente da sigla Romero Jucá (PMDB-RR).

O PMDB suspendeu por 60 dias, de suas funções partidárias, os seguintes deputados: Celso Pansera (PMDB-RJ), Laura Carneiro (PMDB-RJ), Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Sergio Zveiter (PMDB-RJ), Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB) e Vitor Valim (PMDB-CE).

No último dia 2 de agosto, o plenário da Câmara livrou Temer de investigação por corrupção passiva pelo placar de 263 votos favoráveis ao parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que recomendava o arquivamento da acusação formal da PGR, e 227 contrários.

“O PMDB, em cumprimento à decisão unânime da Comissão Executiva do partido, suspendeu por 60 dias, de suas funções partidárias, os deputados que votaram a favor da denúncia do presidente da República, Michel Temer. Esta decisão foi tomada por descumprimento dos parlamentares ao fechamento de questão sobre o assunto em reunião realizada no dia 12 de julho, em Brasília. O ato de suspensão já foi comunicado a todos os filiados e ao Conselho de Ética do partido”, comunicou Romero Jucá.

Na manhã desta sexta-feira (11), o senador Roberto Requião (PMDB-PR), também ameaçado de punição por Jucá, gravou um vídeo em solidariedade aos parlamentares suspensos. Assista:

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Tá feio e vergonhoso perante o mundo! Como pode deputados comprados no atacado para salvar Temer? E o que é pior,com os discursos mais exdrúxulos de “estabilidade”, “segurança jurídica” e de “salvação nacional”.Alguns não tem vergonha de bradar da tribuna que “salvar Temer é salvar o Brasil”, outros chegam até a vociferar que não há nada significativo, provas contundentes e que a mala de dinheiro é ficção. E ainda tem deputado descarado que chegou ao rídículo de tatuar no peito o nome de Temer, como prova de amore$ e fidelidade ao chefe quadrilheiro e golpista. Quanta falta de escrúpulo e hipocrisia de uma Câmara Federal,que cassou uma presidente honesta por pedalada fiscal. Né não?

  2. Com a farsa do impeachment desmontada, os golpistas desmascarados, a corrupção de Temer blindada pela câmara, grande parte da mídia e o judiciário, e o povo ferrado com a recessão, desemprego, fome e miséria, agora o governo podre do Michel Fora Temer segue a agenda de entreguismo, privataria e destruição dos direitos sociais, enquanto o juiz Sérgio Tucano Moro neutraliza Lula e o nosso brilhante coxinha responsabiliza Dilma e Lula pelas desgraças do golpe que apoiou. Esse é o resumo da tragédia brasileira.

  3. A constituição brasileira diz k a pessoa é livre para votarmos em quem quiser , isso é perseguição.

  4. Entenderam agora o que é golpe ou precisamos desenhar o molde do cabresto? A democracia golpistas, põe o cabresto e vota em quem o partido manda. Será por onde anda a tal democracia e a liberdade de livre escolha?

  5. Conselho de ética do partido!!! É piada, né…

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.