Plenário do Senado rejeitou regime de urgência no abuso de autoridade

renan_calheirosPor 44 votos a 14, o plenário do Senado rejeitou a tramitação em regime de urgência do PLC 80/2016, vindo da Câmara, que versa sobre o abuso de autoridade.

Com rejeição do regime de urgência, a matéria seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

Note o caro leitor que o PLC 80, aprovado pelos deputados na madrugada de hoje, é distinto daquele que será relatado pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR) — PLS 280/2016 — cuja origem do projeto é o Senado.

“Senado covardemente se nega a discutir e votar o projeto da Câmara das 10 medidas”, tuitou Requião.

Comentários encerrados.