TV 15, a televisão da resistência, mostra ao vivo o julgamento da democracia e de Dilma

dilma_tv_15Dilma Rousseff terá o segundo e definitivo round no plenário do Senado, que hoje (30) começa a votação do golpe.

A TV 15, a televisão da resistência, vai mostrar ao vivo para o Brasil e o mundo o julgamento da democracia e do mandato da presidente da República.

O jornalista Beto Almeida comanda a reportagem no estúdio, em Brasília, e o repórter César Setti cobre os bastidores e o plenário do Senado.

Dilma venceu o primeiro round da “parada” ontem, como diz o senador Roberto Requião (PMDB). Ela teve brilhante presença no Senado e consolidou os 31 votos para barrar a farsa do impeachment.

“Conto com no mínimo 31 senadores patriotas para vencer o golpe”, afirmou Requião durante sua intervenção de ontem.

Para sepultar de vez o golpe, Dilma precisa de apenas 27 votos. Por sua vez, o interino Michel Temer (PMDB) necessita de 54 para consumar o atentado contra a democracia. O colégio eleitoral é formado por 81 senadores.

Sobre a TV 15, a televisão da resistência

A TV caseira de Requião foi concebida para driblar a falta de tempo na propaganda partidária na campanha de 2014.

Depois das eleições passadas, o senador botou a televisão a serviço das lutas dos movimentos sociais e de setores tais como professores, estudantes, sindicalistas, sem terra, sem teto, etc.

Agora, a partir de hoje, reforça em Brasília a luta democrática desde o Senado. O sinal será liberado para o compartilhamento tão logo entre em ação.

A cobertura mais famosa da TV 15 foi a do massacre de professores em 29 de abril do ano passado, em Curitiba, quando 213 pessoas ficaram feridas devido à violência da PM. Só naquele episódio daquele dia, a emissora de Requião teve 1,5 milhão de acessos únicos.

No Paraná, Requião é conhecido como “Roberto Marinho das Araucárias”. Só que de esquerda e contra o golpe.

Transmita ao vivo em seu site/blog

Basta copiar e colar esse código abaixo:

<iframe id=”ls_embed_1472234359″ src=”//livestream.com/accounts/9579554/events/3763381/player?width=560&height=315&autoPlay=true&mute=false” width=”560″ height=”315″ frameborder=”0″ scrolling=”no” allowfullscreen></iframe>

Acerca da sessão de hoje

Nesta fase final, defesa e acusação têm 1h30 para as considerações com direito a réplica e tréplica de 1h.

Até o momento, 61 senadores se inscreveram para analisar o processo de impeachment da presidente da República Dilma Rousseff. Cada senador terá direito a uma fala de dez minutos, logo após as argumentações da acusação e da defesa. Veja, abaixo, a lista de inscritos:

Lista dos senadores
1. Senador Gladson Cameli (PP-AC) 32. Senadora Regina Sousa (PT-PI)
2. Senador Roberto Requião (PMDB-PR) 33. Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE)
3. Senador Paulo Paim (PT-RS) 34. Senador José Pimentel (PT-CE)
4. Senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) 35. Senador Cidinho Santos (PR-MT)
5. Senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) 36. Senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
6. Senadora Lúcia Vânia (PSB-GO) 37. Senador Paulo Bauer (PSDB-SC)
7. Senador Lasier Martins (PDT-RS) 38. Senador Dário Berger (PMDB-SC)
8. Senador Acir Gurgacz (PDT-RO) 39. Senador Benedito de Lira (PP-AL)
9. Senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) 40. Senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP)
10. Senador Alvaro Dias (PV-PR) 41. Senador Hélio José (PMDB-DF)
11. Senadora Angela Portela (PT-RR) 42. Senador Wilder Morais (PP-GO)
12. Senador Telmário Mota (PDT-RR) 43. Senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
13. Senadora Fátima Bezerra (PT-RN) 44. Senador Sérgio Petecão (PSD-AC)
14. Senadora Lídice da Mata (PSB-BA) 45. Senador Zeze Perrella (PTB-MG)
15. Senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) 46. Senadora Rose de Freitas (PMDB-ES)
16. Senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) 47. Senadora Ana Amélia (PP-RS)
17. Senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) 48. Senadora Simone Tebet (PMDB-MS)
18. Senador Fernando Collor (PTC-AL) 49. Senador Waldemir Moka (PMDB-MS)
19. Senador José Medeiros (PSD-MT) 50. Senador Otto Alencar (PSD-BA)
20. Senador Humberto Costa (PT-PE) 51. Senador Pedro Chaves (PSC-MS)
21. Senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) 52. Senador Reguffe (S/PARTIDO–DF)
22. Senador Lindbergh Farias (PT-RJ) 53. Senador Roberto Rocha (PSB-MA)
23. Senador Eduardo Amorim (PSC-SE) 54. Senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
24. Senador Aécio Neves (PSDB-MG) 55. Senador Cristovam Buarque (PPS-DF)
25. Senador Magno Malta (PR-ES) 56. Senador José Agripino (DEM-RN)
26. Senador Armando Monteiro (PTB-PE) 57. Senador Dalirio Beber (PSDB-SC)
27. Senador Valdir Raupp (PMDB-RO) 58. Senador Jorge Viana (PT-AC)
28. Senador Ivo Cassol (PP-RO) 59. Senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP)
29. Senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) 60. Senador Paulo Rocha (PT-PA)
30. Senador José Aníbal (PSDB-SP) 61. Senador João Capiberibe (PSB-AP)
31. Senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)

Com informações da Agência Senado

Comentários encerrados.