PT promete luta sem trégua contra governo interino e golpista de Temer

dilma_temerA direção nacional do Partido dos Trabalhadores emitiu nota oficial, na manhã desta quinta (12), após a provação no Senado do afastamento da presidente Dilma Rousseff. A agremiação prometeu luta sem trégua contra o governo interino de Michel Temer (PMDB), considerado golpista, ao lado de movimentos plurais como Frente Brasil Popular, Povo Sem Medo, centrais sindicais e demais setores da sociedade. A seguir, leia o documento:

COMUNICADO AO POVO BRASILEIRO

A admissão do processo de impeachment da Presidenta Dilma Rousseff, aprovada pelo Senado Federal, é a continuidade do golpe contra a democracia e a Constituição.

Mais uma vez em nossa história, as elites pisoteiam o voto popular, abrindo caminho para a imposição de um governo ilegítimo.

O país está sendo tomado de assalto pelos piores expoentes das oligarquias do poder, da mídia monopolizada e da plutocracia. Incapazes de vencer nas urnas, recorrem à farsa institucional para derrubar uma governante eleita pela maioria do povo brasileiro e que não cometeu qualquer crime.

O revés sofrido neste 11 de maio, perante as forças da infâmia, da traição e do golpismo, será respondido com redobrado ânimo de combate pela restauração constitucional e a absolvição da presidenta Dilma Rousseff, no julgamento de mérito que se realizará dentro de alguns meses.

O Partido dos Trabalhadores, ao lado dos demais integrantes da Frente Brasil Popular e da Frente Povo sem Medo, e em conjunto com todas as forças democráticas, continuará mobilizado nas ruas e instituições nacionais.

Estamos seguros de que os trabalhadores do campo e da cidade, os intelectuais progressistas, a juventude e as mulheres continuarão a cumprir seu papel de vanguarda na resistência pela legalidade.

Saberemos levar a todos os cantos do país o protesto contra a usurpação e o golpe.

Nossa mobilização, plural e unitária, vai muito além do apoio ao governo liderado por nosso partido. Acima de tudo, defendemos a ordem democrática e repudiamos o programa dos golpistas, que planejam arrochar salarios; reverter a política de reajustes do salário-mínimo; mexer com os direitos dos aposentados; anular vinculações constitucionais da saúde e da educação – enfim um programa regressivo, antipopular e antinacional.

Não descansaremos um só minuto até que a presidenta de todos os brasileiros, sufragada em eleições livres e diretas, retorne ao comando do Estado, como é a vontade soberana e constitucional do povo brasileiro.

Não ao golpe. Fora Temer!

Voltaremos!

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ESTAMOS JUNTOS NESSA LUTA
    NÃO VAMOS DÁ TRÉGUA AOS GOLPISTAS!!

  2. Estou aguardando ansiosamente a reação do PT e dos movimentos sociais. Acho que o PT deve a seus militantes mais dedicados um motivo para continuar lutando ou abandonar tudo de vez. O Partido dos Trabalhadores, maior partido da história do Brasil não pode simplesmente coonestar esse golpe e deixar órfãos todos aqueles que acreditaram nesse sonho. Ou então vamos repudiar as organizações políticas e partir para a clandestinidade e luta armada, inclusive contra o PT.

  3. Os verdadeiros movimentos sociais precisam ir para as ruas já, contra o golpe á democracia e os golpistas elitistas. Vamos sabotar o governo Temer.

  4. Agora, vem a borduna … o cassetete … para os que gostam de ver sangue …

  5. Não foi deputados e senadores que votou na presidenta,o povo com voto livre,estão acabando com a democracia,tem que ter outra eleição para presidente o mais rápido possível.
    Vamos a luta,pois perderemos a DEMOCRACIA.

  6. ANTES DELE COMEÇAR, VAMOS SAUDÁ-LO. “FORA TEMER” E QUEREMOS CUNHA CASSADO. FORA CUNHA.

  7. Esmael,

    Favor publicar o texto do GGN sobre o Álvaro Golpe, inclusive com os posts dos leitores. Grata.