Golpe divide em ódios o país

Fotos: divulgação/MÍDIA NINJA.

Fotos: divulgação/MÍDIA NINJA.

Vereador curitibano Jorge Bernardi (REDE), ao observar a divisão do país, em virtude do golpe, vê possibilidade de retorno da presidente eleita Dilma Rousseff caso o governo interino de Michel Temer não consiga resolver a política econômica. Colunista se diz preocupado com a Lava Jato, que, segundo ele, corre risco de terminar em pizza. “O presidente Michel Temer e sete de seus ministros são acusados,  por delatores,  de terem recebido propina de empreiteiras investigadas na Lava Jato”, anota o parlamentar, que torce para o TSE cassar a chapa Dilma-Temer e convoque novas eleições. Abaixo, leia, ouça, opine e compartilhe a íntegra da coluna semanal:

Download do áudio

Com país dividido pelo ódio político, governo Temer começa com mais dos mesmos

Jorge Bernardi*

O processo do impeachment de Dilma Rousseff tem divido a nação! O ódio político prepondera. No meio desta turbulência muitos brasileiros se posicionam vendo uma  realidade plana com apenas duas dimensões, não conseguem observar que o mundo é complexo que, nossos sentidos, captam três dimensões: altura, largura e volume.  Para alguns o Brasil tem apenas duas cores: azul e vermelho.

Ao contrário do que ocorreu há 24 anos com o ex-presidente Collor que ficou sozinho  em  processo de seu impedimento,  atualmente  parte da sociedade brasileira se posiciona contra o impeachment por diversas razões. O que se vê em Brasília  é uma reacomodação das elites políticas, que se reposicionam, mudam, para que tudo fique tudo como sempre esteve. Ou seja, muda tudo para que tudo fique como está.

Embora todo o estardalhaço da imprensa, o processo de julgamento por crime de responsabilidade de Dilma Rousseff apenas começou. Muitos dos senadores,  que votaram pela admissibilidade do processo, ainda não se posicionaram em relação ao julgamento final a favor ou contra o impeachment. Se a economia for bem, a possibilidade da cassação da presidenta aumenta, ao contrário ninguém pode prever o futuro.

A grande preocupação diz respeito ao andamento da Operação Lava Jato e se as investigações vão continuar a todo vapor ou  arrefecer e, no final, como tem sido comum no Brasil, tudo acabar em pizza.

O presidente Michel Temer e sete de seus ministros são acusados,  por delatores,  de terem recebido propina de empreiteiras investigadas na Lava Jato.

O ministério de Michel Temer tem muito dos mesmos: nenhuma mulher, nenhum negro, nenhum trabalhador. Somente  as velhas raposas da política brasileira estão lá representadas e vão exercer sua influência.  Não é como foi, no Governo de Itamar Franco, que sucedeu Collor,  quando houve um esforço de salvação nacional e todos se uniram para livrar o país do hiperinflação e da recessão. A sobrevivência do governo Temer, repito,  depende do sucesso da economia.

No Tribunal Superior Eleitoral segue o processo para cassação da chapa Dilma/Temer por fraude eleitoral. Só o TSE poderá devolver a soberania popular aos brasileiros marcando novas eleições presidenciais. Esta é a melhor solução para a crise. Só assim haverá paz no Brasil.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to tell you that I am just beginner to blogging and seriously enjoyed your page. Very likely I’m likely to bookmark your site . You definitely come with really good stories. Many thanks for sharing your blog site.

  2. Não dá para resolver um País tão grande e desigual como o nosso, tratando-o como a Quitandinha da esquina. Temer e sua trupe só virão irritar um eleitor já revoltado,, que agora sim, sairá às ruas, literalmente, quebrando tudo. Além dos muitos corruptos, todos sabemos que eles representam o capital, a elite. Não completam o tempo de afastamento da presidenta.

  3. Porque novas eleições se todas as chapas fizeram exatamente igual? Se vencesse Aécio do pó, defenderia novas eleições? … Seriam as doações de campanha tratadas como propinas? … Uma ova o seu Jorge, uma ova. Eu já dei meu voto lá atrás e tem que ser respeitado. Seja por quem for e principalmente pelo corrupto, bandido, pilantra e safado do STF, o Gilmar Mendes. Canalhas e cafajestes desse nível não tem moral para julgar contas de campanha de ninguém, principalmente de Dilma Roussef. E, se forem, por amor ao debate, julgarem, que seja em conjunto com o golpista Temer, afinal, não existe conta de vice … é uma chapa só …

  4. Pior que isso, seu Jorge, é a encenação de que o Ministro da Justiça, o careca da porrada paulista, manteve o diretor da PF o golpista que, junto com o MP direciona e direcionou a operação lava-jato para o que é hoje. Uma pura perseguição ao PT e a seus lideres, como Lula, Dilma, José Dirceu e doações de campanha. Alguns imbecis (nem tanto, mas golpistas também) da imprensa PIG, como Mitre, da Band, já dizem que a farça tarefa da vasa a jato não morrerá porque mantiveram o diretor de PF, o tal de Daiello, à frente da PF. Vá, vá … o cara sempre foi golpista, com vazamentos seletivos, grampos ilegais, conduções coercitivas, delegados fdp´s fazendo o que querem para ferrar somente um setor da política. Então, já obtiveram o resultado pretendido. Não há nenhuma motivação, agora, nessa altura do golpe, de tirá-lo de lá vez que sempre serviu aos golpistas.

  5. Com as novas medidas do governo surgem boas perspectivas de futuro volta a fabricação do fusca, revista Play Boy, caminhões FNM, possibilidades do FIAT 147 entre outros avanços com a utilização de balsas invés de pontes.

    Eles riem de mim por ser diferente e eu deles por serem iguais. (Bob)

  6. E a marina silva não deu uma declaração sobre o temer, marina sempre se cala nos momentos cruciais depois ela vem com um discursinho mandrake.

    • Ela sempre aparece quando se tem alguma chance de eleição. Quer por quer ser eleita, mas do jeito que muda de ideia, é difícil apoiar uma pessoa assim.

  7. Esse é o grande legado que nos deixa Rede Globo

  8. Sim, senhor.

    Terá apoio e voluntariado.Eu mesma me ofereço a ser 1.a secretaria como já fui ha trinta e tantos anos.

    Mas o povo não aguentará mais palhaçadas de Gilmar. Nem falsificação de votos.Nem somente eleições para o executivo.
    Ha de ser eleições gerais.
    Limpar desde os vereadores com o.minimo indício de corrupção, a minima citação, is lixos das Assembleias, e os lixos golpistas do Congresso. Alvaro Golpe que se cuide.

    Se Gilmar tentar fazer o povô de trouxa abrirá as portas do inferno. Iraque a vista.