Autora do pedido de impeachment contra Dilma foi “possuída” pelo “coisa ruim”; assista ao vídeo

Professora Janaína Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment da presidente Dilma, surtou ontem (4) à noite, em São Paulo, durante pregação no Largo São Francisco; em ato de advogados, a moça se comportava como se estivesse "possuída" pelo "coisa ruim" quando se referia ao ex-presidente Lula; ela é o retrato fiel do fundamentalismo desses setores que pregam golpe contra o estado de democrático de direito;o diabo é que a plateia de doutores se deliciava a cada jato de ódio destilado pela “musa do impeachment” possuída pelo “coisa ruim”; abaixo, assista ao vídeo.

Professora Janaína Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment da presidente Dilma, surtou ontem (4) à noite, em São Paulo, durante pregação no Largo São Francisco; em ato de advogados, a moça se comportava como se estivesse “possuída” pelo “coisa ruim” quando se referia ao ex-presidente Lula; ela é o retrato fiel do fundamentalismo desses setores que pregam golpe contra o estado de democrático de direito;o diabo é que a plateia de doutores se deliciava a cada jato de ódio destilado pela “musa do impeachment” possuída pelo “coisa ruim”; abaixo, assista ao vídeo.

A professora Janaína Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment da presidente Dilma, surtou ontem (4) à noite, em São Paulo, durante pregação no Largo São Francisco.

Em ato de advogados, a moça se comportava como se estivesse “possuída” pelo “coisa ruim” quando se referia ao ex-presidente Lula.

Ela chamava o futuro ministro da Casa Civil de “essa cobra”, blá, blá, blá…

A professora Janaína Paschoal é o retrato fiel do fundamentalismo desses setores que pregam golpe contra o estado de democrático de direito.

O diabo é que a plateia de doutores se deliciava a cada jato de ódio destilado pela “musa do impeachment” possuída pelo “coisa ruim”.

Comentários encerrados.