Por Esmael Morais

Deu chabu no impeachment de Dilma. Adeus golpe de Cunha?

Publicado em 08/12/2015

A suspensão do ministro será até quarta-feira, dia 16, quando o STF se debruçará sobre a validade dos atos do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O STF atendeu a uma reclamação do PCdoB que pedia votação aberta na apresentação da chapa avulsa da oposição. A Câmara realizou hoje votação secreta para definição da comissão especial que analisará o impeachment de Dilma.