Por Esmael Morais

Agora vai: Vice Flávio Arns vai assumir dia 29 o governo do Paraná

Publicado em 17/09/2014

Com o objetivo de acelerar! a gestão administrativa do Paraná e liberar-se em tempo integral para a campanha de reeleição, governador Beto Richa deixará o cargo no próximo dia 29 nas mãos do vice e ex-secretário Flávio Arns; tucanos conseguiram a proeza de derrubar o Ideb do Ensino Médio do estado do primeiro para o 11!º lugar do país; em caso de reeleição do PSDB, Arns é cotado para reassumir a Secretaria de Estado da Educação (SEED).

Com o objetivo de acelerar! a gestão administrativa do Paraná e liberar-se em tempo integral para a campanha de reeleição, governador Beto Richa deixará o cargo no próximo dia 29 nas mãos do vice e ex-secretário Flávio Arns; tucanos conseguiram a proeza de derrubar o Ideb do Ensino Médio do estado do primeiro para o 11!º lugar do país; em caso de reeleição do PSDB, Arns é cotado para reassumir a Secretaria de Estado da Educação (SEED).

O vice-governador Flávio Arns (PSDB) vai assumir o cargo interinamente no próximo dia 29 de setembro, vésperas das eleições de 5 de outubro. O ex-secretário da Educação substituirá o governador Beto Richa (PSDB), que se licenciará para se dedicar 24 horas à  reta final da campanha pela reeleição (sic).

Nunca é demais recordar que Arns foi o pior secretário que a Educação já teve na história do Paraná. Junto com Richa, o vice-governador conseguiu a proeza de derrubar o Ideb (àndice de Desenvolvimento da Educação Básica) do Ensino Médio do estado do primeiro para o 11!º lugar.

Em caso de reeleição do governador do PSDB, Arns é cotado para reassumir a Secretaria de Estado da Educação (SEED). O vice também é sondado para a equipe do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), independente do resultado das urnas daqui a 17 dias.